Covid-19: Curitiba tem 16 novas mortes e 94% de UTIs ocupadas

Rafael Nascimento

Covid-19: Brasil registra novos 40 mil casos e 983 mortes nas últimas 24 horas

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) neste sábado (25) registra mais 16 óbitos de moradores de Curitiba pela covid-19. Somados ao número de mortes pela doença desde o início da pandemia, a Capital registra 460 óbitos.

Com 364 novos casos de coronavírus confirmados, até agora 16.788 moradores da cidade já contraíram a doença.

Um dado preocupante com relação ao balanço apresentado na última sexta-feira (24) é o número de casos ativos no município. Ontem, 5.773 pessoas tinham a possibilidade de transmitir o vírus. Neste sábado, Curitiba registra 7.795 pacientes com casos ativos, ou seja, que podem transmitir a doença para outras pessoas.

TAXA DE OCUPAÇÃO DAS UTIs EM ALTA

A taxa de ocupação dos leitos covid na Capital não apenas se mantém acima dos 90% como vem crescendo nos últimos dias. Ontem, 27 dos 345 leitos de UTI do SUS exclusivos para covid-19 estavam vagos (92% de taxa de ocupação), enquanto nesse sábado a cidade conta com 21 leitos livres caiu (94% de taxa de ocupação).

Se levado em conta apenas o número de leitos de UTI covid reservados para adultos a taxa de ocupação é ainda maior. Hoje, apenas nove leitos de UTI do SUS destinados a pacientes adultos estão livres (97% de taxa de ocupação).

VÍTIMAS TINHAM ENTRE 28 E 94 ANOS 

Dos 16 óbitos confirmados neste sábado pela SMS, 9 eram mulheres e 7 homens. Quatorze faleceram nos últimos dois dias e os outros 2, entre 16 e 22 de julho.

As novas vítimas tinham idades entre 28 e 94 anos. Os dois com menos de 60 anos eram homens de 28 e 53 anos. 

A taxa de letalidade da doença em Curitiba continua em 2,7%.  Além dos 460 óbitos confirmados, outros 8 estão em investigação.

Previous ArticleNext Article