Covid-19: vacinação de professores e trabalhadores da educação é suspensa em Curitiba

Mirian Villa

Curitiba volta a suspender vacinação por idade devido a falta de doses

A vacinação contra a Covid-19 de professores e trabalhadores da educação será suspensa temporariamente em Curitiba. A informação foi divulgada pela Prefeitura no final da tarde deste domingo (20).

“Devido a limitação de doses disponíveis em Curitiba, será suspensa temporariamente, a partir desta segunda-feira, a imunização de professores e trabalhadores da educação tanto básica, quanto de nível superior”, informou a Prefeitura.

Ainda segundo a matéria, a Capital “já vacinou pessoas desse grupo prioritário em quantidade maior do que as doses recebidas, sendo inviável a continuidade enquanto a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná não repassar novos imunizantes com esta destinação.”

Conforme a Prefeitura de Curitiba, assim que o Governo do Paraná enviar nova remessa de imunizantes, a vacinação de professores e profissionais da educação contra a Covid-19 será retomada.

É importante lembrar que na semana passada a Capital chegou a solicitar maior isonomia no envio de vacinas contra o coronavírus para o município ao governo.

O pedido foi realizado depois que um levantamento da SMS (Secretaria Municipal da Saúde) apontou que a cidade está na 191ª posição no ranking de municípios que mais recebem doses da vacina, proporcionalmente.

Além disso, outra reclamação da Prefeitura é que a cidade manteve os estoques para segunda aplicação, enquanto outros 202 municípios utilizaram essas doses e receberem envios extras do governo.

Em nota enviada ao Paraná Portal, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) negou que tenha cometido qualquer tipo de injustiça com Curitiba.

“As vacinas contra a Covid-19 são distribuídas igualitariamente entre os municípios desde o primeiro lote recebido pelo Paraná. Todas as cidades são abastecidas proporcionalmente com doses referentes a cobertura dos grupos que devem ser atendidos em cada remessa. A secretaria respeita o posicionamento de todos os municípios e irá averiguar o documento enviado por Curitiba”, diz trecho da nota.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771123" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]