Covid-19 em Curitiba: Mais um hospital particular fecha o pronto atendimento

Redação

curitiba hospital fecha pronto atendimento covid-19

O INC (Instituto de Neurologia e Cardiologia), de Curitiba, fechou o pronto atendimento nesta quinta-feira (26) por conta da alta da covid-19. De acordo com o hospital privado, não há mais vagas nem em leitos enfermaria ou em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

“Comunicamos que nosso pronto atendimento está fechado para novos atendimentos de síndrome gripal. Voltamos a atender, com capacidade limitada, emergências neurológicas, cardiológicas e consultas que já estavam agendadas. Para maiores informações, favor ligar para o Setor Ambulatório do INC no (41) 3028-8545. Agradecemos a compreensão!”, diz o INC em nota publicada nas redes sociais.

Na última terça-feira (24), o Hospital Marcelino Champagnat adotou a medida por tempo indeterminado. Os leitos de UTI estão ocupados há dez dias e o crescimento no número de pacientes com sintomas respiratórios assustou a instituição.

O Hospital Nossa Senhora das Graças e Sugisawa também já suspenderam a entrada de novos pacientes.

HOSPITAIS QUE ATENDEM PELO SUS TAMBÉM TÊM OCUPAÇÃO TOTAL DOS LEITOS

O painel da transparência atualizado pela Sesa (Secretaria do Estado da Saúde) aponta que quatro dos nove hospitais que atendem pelo SUS (Sistema Único de Saúde) não têm mais leitos de UTI para covid disponíveis.

Os hospitais Erasto, do Trabalhador, Evangélico e São Vicente Centro têm 100% das UTIs ocupadas. Hospital de Clínicas (98%), Hospital Santa Casa (95%), Hospital do Idoso e Hospital de Reabilitação (ambos com 94%) e Hospital da Cruz Vermelha (63%) comprovam o momento crítico da cidade.

CURITIBA SOFRE FORTE ONDA DA COVID-19 E BATE RECORDES

O boletim da covid-19 em Curitiba, elaborado e divulgado pela SMS (Secretaria Municipal da Saúde) aponta que a capital paranaense bateu dois recordes ontem (25).

O número de casos confirmados em 24 horas foi de 1.597 enquanto os casos ativos (pessoas com potencial de transmissão do vírus) chegaram a 12.139 pessoas.

De acordo com a prefeitura de Curitiba, restam 21 leitos UTI exclusivos para covid-19 dos 334 leitos existentes. Ou seja, a taxa de ocupação é de 94%.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="730882" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]