Paraná bate recorde de mortes e volta a registrar mais de 2 mil casos de covid-19

Vinicius Cordeiro

Covid-19: Brasil registra pela terceira vez na pandemia 60 mil casos em 24 horas

O Paraná registrou mais 47 mortes – recorde nesta pandemia – e 2.063 novos casos de covid-19 nesta sexta-feira (10), aponta o boletim da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde). Com isso, o Estado chega a 961 óbitos e 39.064 contaminados pelo novo coronavírus.

Esse é o terceiro dia da pandemia que o Paraná confirma mais de duas mil confirmações – todos neste mês. Antes, a marca foi batida nos dias 2 (2.059 novos casos) e 4 (2.380) deste mês. Ou seja, a covid-19 segue em uma evolução acelerada.

Além disso, o informe ainda aponta que 13.374 pessoas já são consideradas recuperadas e que 7.202 casos estão em investigação.

377 das 399 cidades do Paraná têm ao menos um caso da doença enquanto 182 municípios registram vítimas.

800 pessoas com a covid-19 estão internadas. Destas, 501 ocupam leitos de enfermaria e 299 leitos UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Contudo, existem outros 1.046 pacientes internados com suspeita da doença. Entre esses, 525 estão em leitos enfermaria e 521 em leitos UTI.

MORTES POR COVID NO PARANÁ

As 47 mortes marcam um recorde histórico nessa pandemia. Antes, o maior número de óbitos incluídos no boletim foi no dia 2 deste mês, quando 44 óbitos foram registrados.

A Sesa informou que todas as 47 vítimas estavam internadas, sendo 25 homens e 22 mulheres. Eles tinham idades entre 23 e 96 anos e as mortes foram registradas entre os dias 22 de junho até hoje.

Cascavel lidera a lista dessas mortes com sete perdas e é seguida por Londrina, com quatro mortes. Curitiba, Maringá, Foz do Iguaçu e Arapongas registraram três óbitos enquanto Rio Branco do Sul, Fazenda Rio Grande, Cambé e Astorga tiveram duas mortes cada.

Assaí, Barbosa Ferraz, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Colombo, Colorado, Guarapuava, Lapa, Ortigueira, Paranaguá, Paula Freitas, Piraquara, Rio Negro, Santa Fé, Santa Terezinha de Itaipu e São José dos Pinhais tiveram um óbito.

Para ver o informe completo, clique aqui.

Previous ArticleNext Article