Em 24h, Curitiba tem 80 mm de chuva acumulada e 11 pontos de alagamentos

A chuva que atingiu Curitiba nas últimas 24 horas foi expressiva: 80,2 milímetros que resultaram em 11 pontos de alagame..

Redação - 06 de janeiro de 2022, 09:58

Reprodução/Band TV Curitiba
Reprodução/Band TV Curitiba

A chuva que atingiu Curitiba nas últimas 24 horas foi expressiva: 80,2 milímetros que resultaram em 11 pontos de alagamentos, cinco situações com risco de desabamento e um acidente de trânsito.

De acordo com a Defesa Civil, a precipitação gerou 21 solicitações de retirada de árvores e galhos caídos, cinco entregas emergenciais de lonas e 11 cruzamentos semaforizados que ficaram inoperantes durante a noite. Não houve registro de desabrigados ou desalojados.

Na manhã desta quinta-feira (6), equipes da Defesa Civil, da Arborização, da Guarda Municipal, da Setran (Superintendência de Trânsito) e da Coordenadoria de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi) prestaram atendimento às ocorrências.

Estruturas com risco de desabamento e desmoronamento:

  • R. São Luiz, 304 - Cabral
  • R. Vereador Washington Mansur, 671 - Ahú
  • R. José Alceu Berger, 79 - Santa Cândida
  • R. Gutemberg, 17 - Batel
  • R. Euclides Da Cunha, 1.363 - Bigorrilho

Alagamentos mais expressivos:

  • Região da Praça Osório (Rua Visconde de Nacar e Avenida Vicente Machado)
  • Rodoferroviária (ala estadual)
  • Cidade Industrial (3)
  • Bairro Alto
  • Seminário
  • Bacacheri
  • Novo Mundo
  • Cidade Industrial
  • Fazendinha

Fornecimentos emergenciais de lona:

  • Xaxim
  • Bacacheri (2)
  • Boa Vista
  • Santa Felicidade

TELEFONES ÚTEIS

O cidadão que precisar comunicar a Prefeitura de Curitiba sobre estragos provocados pelas chuva deve utilizar o telefone 156 da Central de Atendimento ao Cidadão, pelo site ou pelo aplicativo do serviço. O atendimento é feito por ordem de chamada e também de acordo com a gravidade da situação relatada.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 (alagamentos) e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão, que registra as solicitações para retiradas de árvore) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal - fornecimento de lona).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193 - resgate) e pela Copel (falta de luz).