Curitiba completa 328 anos sem leitos de UTI em meio à maior crise sanitária do século

Vinicius Cordeiro

curitiba aniversário 328 anos

Sob bandeira vermelha contra o coronavírus, Curitiba faz aniversário de 328 anos nesta segunda-feira (29). No dia 29 de março de 1693, o capitão-povoador Matheus Martins Leme promoveu a primeira eleição para a Câmara de Vereadores para instalação da Vila, como exigiam as normas portuguesas. Ali foi fundada a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, que viria a se chamar Curitiba em 1721.

Segundo a prefeitura, a cidade viveu extrema pobreza até 1812, quando se tornou ponto estratégico dos tropeiros. Agora, em 2021, a capital do Paraná vive o momento mais preocupante da pandemia de covid-19, a pior crise sanitária do século. O balanço da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) aponta que 171.209 moradores foram infectados com o coronavírus. Destes, 3.750 morreram.

O que mais preocupa são os 513 leitos UTI ocupados. O sistema de Saúde vive o maior caos já registrado, com chances de reais de ter falta de remédios e colapso total, momento classificado pelos gestores públicos quando alguém morrer sem qualquer tipo assistência. Tentando evitar isso, o prefeito Rafael Greca determinou restrições para controlar a transmissão da covid.

Devido à Páscoa, celebrada no próximo final de semana, o comércio (delivery e drive thru) e shoppings (delivery) podem funcionar, mas sem atendimentos presenciais. Isso tudo após todas as atividades não essenciais terem ficado fechadas por 15 dias, de acordo com o decreto mais pesado até o momento.

CURITIBA FAZ ANIVERSÁRIO DE 328 ANOS EM MEIO À CRISE DE COVID-19

Confira matérias relacionadas ao momento crítico vivido em Curitiba:

COMEMORAÇÃO VIRTUAL

O aniversário de 328 anos de Curitiba teve programação especial da prefeitura. Foram montados diversos eventos virtuais para evitar aglomerações e atividades presenciais.

Nesta segunda-feira (29), às 11h, o hino de Curitiba é tocado pela Camerata Antíqua. Depois, às 15h, serão as crianças e adolescentes do projeto de musicalização MusicaR que vão entoar a canção.

No fim da tarde, às 18 horas, será exibida uma edição de imagens das apresentações ao vivo do Auto da Fundação de Curitiba.

Vale lembrar que a exposição fotográfica virtual “Curitiba do Amanhecer ao Anoitecer”, do fotógrafo Daniel Castellano, está disponível no Facebook da Fundação Cultural desde o último sábado.

Previous ArticleNext Article