Curitiba chega a 79 casos confirmados e 119 suspeitos de coronavírus

Redação

coronavírus paraná boletim

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta segunda-feira (30) que existem 79 casos confirmados de coronavírus em Curitiba. Além disso, são 119 casos suspeitos e 525 descartados.

Ou seja, desde o último boletim divulgado pela administração municipal, houve o aumento de quatro casos. Contudo, a notícia boa é que 45 pessoas tiveram a doença descartada.

Além disso, a Secretaria informou que sete pessoas estão internadas em hospitais de Curitiba. Destas, quatro pessoas estão em estado grave, ou seja, internadas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e com suporte ventilatório para conseguir respirar.

“76% apresentaram quadro leve e não precisaram de internamento. Não é uma infecção qualquer, realmente preocupa. Por isso que todo o Sistema de Saúde de Curitiba está sendo readequado para que tenhamos esse suporte de hospital e atendimentos presenciais para esses 24% que estão precisando de acompanhamento hospitalar”, declarou a infectologista Marion Burger.

Ao todo, 160 pessoas estão infectadas pelo coronavírus e três já morreram no estado do Paraná, conforme a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde).

MÉDICO INTERNADO EM CURITIBA SEGUE EVOLUINDO

O médico Jamal Munir Bark segue em recuperação, conforme a Secretaria Municipal da Saúde. Aos 59 anos, o doutor está internado na UTI do Hospital Marcelino Champagnat desde a quinta-feira (19) com quadro de insuficiência respiratória aguda.

“Jamal vai bem. Acabei de falar com a equipe de intensivistas, que falou que ele tem acordado e está brigando com o respirador. Ele não regrediu em nenhum parâmetro. Evolução bastante favorável”, celebrou a secretaria Márcia Huçulak.

Por fim, a prefeiturac divulgou que dos 14 óbitos investigados, 10 foram descartados e quatro estão aguardando resultado laboratorial para a confirmação da Covid-19.

Em casos de suspeitas, a orientação é que a população não procure hospitais ou unidades de saúde. Foram disponibilizados os seguintes números de telefone para dúvidas: (41) 3603-1097, (41) 3350-9000, (41) 99917-3500.

Previous ArticleNext Article