Curitiba deve proibir a circulação de patinetes nas calçadas da cidade

Lucian Pichetti - CBN Curitiba



Regras para o uso de patinetes elétricas devem ser definidas em Curitiba nos próximos dias. Nesta segunda-feira (6), representantes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), da Urbs, da Agência Curitiba e da Superintendência de Trânsito (Setran) estiveram reunidos para tratar de detalhes da regulamentação.

De acordo com a superintendente de trânsito de Curitiba, Rosangela Battistella, a expectativa é que até a próxima semana a proposta de regulamentação já esteja nas mãos do prefeito Rafael Greca.

Segundo ela, uma resolução de 2013 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) define que os municípios devem regularizar o uso dos modais, até porque cada cidade tem características diferenciadas.

“Vitória é a única capital que regulamentou o uso de patinetes e bicicletas até agora. Mas é uma cidade litorânea, difere de Curitiba por ter muita ciclovia na orla. Aqui elas se espalharam pelo centro. Nós estamos com uma minuta pronta, onde vão ter os direitos e deveres das próprias empresas”, conta.

Segundo Battistella, as empresas de compartilhamento não se preocupam em orientar os usuários. Além disso, a regulamentação deve, entre outras coisas, limitar ou até mesmo proibir a circulação de patinetes em calçadas.

“Ela estabelece que o patinete pode andar na calçada, até 6 km/h e nas ciclovias até 20 km/h. A gente questiona porque, se calcular a velocidade média de um pedestre, está 4,5 km/h. Uma eventual colisão pode causar uma acidente sério”, relata.

Segundo Battistella, a tendência é de proibir a circulação das patinetes em calçadas. Outras capitais tomaram essa decisão, baseadas na lei da mobilidade, que define que o pedestre sempre tem que ter prioridade.

A prefeitura deve ainda criar áreas específicas para estacionamento dos meios de transporte.

“Temos muita reclamação do abandono das bicicletas e patinetes atrapalhando a acessibilidade dos pedestres, cadeirantes e enfim. Gostaríamos de regulamentar para que isso não acontecesse, que tenham docas de estacionamento, um local”, completa.

Enquanto não há uma regulamentação vigente, a recomendação da Setran aos usuários de patinetes elétricos é andar devagar, principalmente sob a calçada, dando preferência aos pedestres. Nas vias é preciso tomar cuidado, principalmente em cruzamentos.

A circulação em canaletas é proibida.

Previous ArticleNext Article