Coronavírus em Curitiba: Secretaria registra 34 novos casos confirmados

Curitiba registrou 34 novos casos confirmados de coronavírus desde o último sábado (11), quando o último boletim da Secr..

Vinicius Cordeiro - 13 de abril de 2020, 17:18

(Geraldo Bubniak / AGB)
(Geraldo Bubniak / AGB)

Curitiba registrou 34 novos casos confirmados de coronavírus desde o último sábado (11), quando o último boletim da Secretaria Municipal da Saúde foi divulgado. Com isso, a capital paranaense tem 343 pacientes confirmados e seis mortes pela Covid-19.

Entre as confirmações, 110 pessoas precisaram de internamento. Hoje, 62 pacientes estão internados com confirmação da Covid-19. Destes, 26 estão em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), com necessidade de suporte ventilatório para respirar.

"Temos casos bastante graves, mas temos a certeza que eles estão recebendo tudo que há de melhor para o tratamento", disse a infectologista Mario Burger, da Secretaria da Saúde.

Além disso, a prefeitura de Curitiba também informou que 107 pessoas com o coronavírus confirmado já foram liberados do isolamento. O número equivale a um terço dos pacientes, que são consideradas imunes até o momento.

CORONAVÍRUS EM CURITIBA

  • 6 mortes
  • 343 confirmados
  • 127 suspeitos
  • 107 recuperados
  • 842 descartados

MÁSCARA E FIQUE EM CASA

A prefeitura de Curitiba ressalta a importância do isolamento social. Segundo a Márcia Huçulak, secretária da Saúde, o número de idosos no transporte público da cidade aumentou durante esse feriado da Páscoa.

"Não há vacina. Os tratamentos que são feitos na UTI e nos hospitais são de acordo com os sintomas. A vacina é manter o distanciamento social, isolamento, higiene e uso da máscaras. Essas são as medidas", destacou ela.

Por fim, como é feito diariamente, a secretária informou o estado de saúde do doutor Jamal Munir Bark. O médico de 59 anos foi internado pela doença no dia 19 de março e segue na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Contudo, depois dos primeiros dias de apreensão, é relatada uma melhora gradual de Jamal.

"No sábado ele fez uma videochamada com a família", finalizou Huçulak.