Curitiba prorroga até 31 de julho prazo para troca de blocos de papel do EstaR

A Prefeitura de Curitiba prorrogou até 31 de julho o prazo para a troca de blocos de papel do EstaR por créditos digitai..

Redação - 09 de julho de 2020, 20:37

Valdecir Galor/SMCS
Valdecir Galor/SMCS

A Prefeitura de Curitiba prorrogou até 31 de julho o prazo para a troca de blocos de papel do EstaR por créditos digitais para o estacionamento urbano na cidade.

A Urbs (Urbanização de Curitiba) decidiu prorrogar novamente o prazo pela alta procura pela troca nesta semana, com 11,3 mil pessoas já tendo procurado a empresa pelo serviço.

“Verificamos que algumas unidades da Urbs já não tinham mais vagas nesta quinta-feira. Então, em função da pandemia e para dar mais tempo para o motorista, vamos prorrogar o prazo até o fim do mês”, explicou o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Para realizar a troca é necessário levar os blocos em alguma das seguintes unidades da Urbs:

  • Rodoferroviária;
  • Rua da Cidadania do Bairro Novo;
  • Rua da Cidadania do Boa Vista;
  • Rua da Cidadania do Cajuru;
  • Rua da Cidadania do Carmo;
  • Rua da Cidadania do Fazendinha;
  • Rua da Cidadania da Matriz;
  • Rua da Cidadania do Pinheirinho;
  • Rua da Cidadania de Santa Felicidade;
  • Rua da Cidadania do Tatuquara;

Mas é preciso que os interessados em realizar as trocas agendem o serviço pelo site urbs.curitiba.pr.gov.br, sendo que o horário de atendimento é feito das 11h às 17h.

  • Coronavírus: Curitiba tem novos 418 casos e chega a 89% de lotação nas UTIs

COMO VAI FUNCIONAR O ESTAR ELETRÔNICO?

O motorista poderá baixar no celular um dos aplicativos homologados, e, com apenas alguns toques, comprar os créditos para a utilização.  Existem oito aplicativos homologados para fazer a venda de créditos:

  • Zul Digital;
  • Faz Digital Curitiba;
  • Transitabile;
  • Cidatec;
  • El Parking;
  • Iomob;
  • Areatec;

motorista se inscreve na plataforma escolhida, coloca o número da placa, sua localização e o tempo de permanência e faz o pagamento. O limite de permanência continua o mesmo, de duas horas.

QUAL O PREÇO?

O preço da hora passa de R$ 2 para R$ 3 reais. Desde 2015, o EstaR não tinha o preço reajustado na cidade, porém o fracionamento trará economia para o motorista. O preço para 15 minutos é de R$ 0,75. Vale lembrar que um estacionamento privado no Centro cobra, em média, R$ 6 por meia hora e R$ 12 pela hora cheia.