Curitiba prorroga até 31 de julho prazo para troca de blocos de papel do EstaR

Redação

Curitiba prorroga até 31 de julho prazo para troca de blocos de papel do EstaR

A Prefeitura de Curitiba prorrogou até 31 de julho o prazo para a troca de blocos de papel do EstaR por créditos digitais para o estacionamento urbano na cidade.

A Urbs (Urbanização de Curitiba) decidiu prorrogar novamente o prazo pela alta procura pela troca nesta semana, com 11,3 mil pessoas já tendo procurado a empresa pelo serviço.

“Verificamos que algumas unidades da Urbs já não tinham mais vagas nesta quinta-feira. Então, em função da pandemia e para dar mais tempo para o motorista, vamos prorrogar o prazo até o fim do mês”, explicou o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Para realizar a troca é necessário levar os blocos em alguma das seguintes unidades da Urbs:

  • Rodoferroviária;
  • Rua da Cidadania do Bairro Novo;
  • Rua da Cidadania do Boa Vista;
  • Rua da Cidadania do Cajuru;
  • Rua da Cidadania do Carmo;
  • Rua da Cidadania do Fazendinha;
  • Rua da Cidadania da Matriz;
  • Rua da Cidadania do Pinheirinho;
  • Rua da Cidadania de Santa Felicidade;
  • Rua da Cidadania do Tatuquara;

Mas é preciso que os interessados em realizar as trocas agendem o serviço pelo site urbs.curitiba.pr.gov.br, sendo que o horário de atendimento é feito das 11h às 17h.

  • Coronavírus: Curitiba tem novos 418 casos e chega a 89% de lotação nas UTIs

COMO VAI FUNCIONAR O ESTAR ELETRÔNICO?

O motorista poderá baixar no celular um dos aplicativos homologados, e, com apenas alguns toques, comprar os créditos para a utilização.  Existem oito aplicativos homologados para fazer a venda de créditos:

  • Zul Digital;
  • Faz Digital Curitiba;
  • Transitabile;
  • Cidatec;
  • El Parking;
  • Iomob;
  • Areatec;

motorista se inscreve na plataforma escolhida, coloca o número da placa, sua localização e o tempo de permanência e faz o pagamento. O limite de permanência continua o mesmo, de duas horas.

QUAL O PREÇO?

O preço da hora passa de R$ 2 para R$ 3 reais. Desde 2015, o EstaR não tinha o preço reajustado na cidade, porém o fracionamento trará economia para o motorista. O preço para 15 minutos é de R$ 0,75. Vale lembrar que um estacionamento privado no Centro cobra, em média, R$ 6 por meia hora e R$ 12 pela hora cheia.

Previous ArticleNext Article