Evasão escolar em Curitiba foi de 0,01% em 2021, diz Inep

No segundo ano da pandemia, com os desafios do ensino à distância, Curitiba registrou evasão escolar de apenas 0,013%, abaixo das médias estadual e nacional

Redação - 21 de maio de 2022, 08:00

Reprodução/TV Escola
Reprodução/TV Escola

Durante o segundo ano da pandemia, com o ano letivo iniciado à distância, Curitiba registrou uma evasão escolar de apenas 0,013%. O taxa de abando na rede municipal foi muito inferior à média nacional, que foi de 0,9% em 2021.

A evasão escolar na capital paranaense também foi menor do que a média estadual (0,1%) e da região sul (0,2%). Os dados foram divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), vinculado ao Ministério da Educação.

Diante dos bons indicadores, a  secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou o papel dos professores, servidores e demais integrantes das equipes responsáveis por manter o interesse das crianças e famílias.

“A criação da TV Escola Curitiba, para transmitir os conteúdos escolares pela tevê aberta e pelo YouTube, assim como o fornecimento dos kits de alimentação escolar e pedagógicos no ensino remoto foram muito importantes para alcançarmos esse resultado que nos orgulha”, disse ela.

O prefeito Rafael Greca destacou que o resultado reflete as boas práticas da rede municipal de ensino.

“Investimos na formação de nossos cidadãos, do nosso futuro e o resultado da evasão zero revela que estamos no caminho certo como cidade educadora que somos”, completou.

A TV Escola Curitiba estreou em 13 de abril de 2020, pouco mais de um mês depois da chegada do coroanvírus ao Brasil, para levar os conteúdos curriculares à casa dos estudantes, que iniciavam o período de restrição de circulação.

"Houve um empenho das unidades em arrecadar celulares, tablets e computadores para levar a famílias que não tinham condições de comprá-los. As escolas acompanharam a evolução dos estudantes”, pontuou a secretária, reforçando as adaptações promovidas pela rede municipal.