Curitiba tem utilizado Inteligência Artificial para monitorar Covid-19

Redação

Curitiba tem utilizado Inteligência Artificial para monitorar Covid-19

A Prefeitura de Curitiba tem utilizado Inteligência Artificial para monitorar distanciamento social em tempo real em ônibus e estações-tubo para mitigar os efeitos da pandemia da Covid-19.

A medição tem sido feita pelo aplicativo Distância2, que foi desenvolvido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento e disponibilizado sem custo para Curitiba.

O aplicativo tem coletado dados de dez câmeras localizadas nas estações Central (sentido Santa Cândida); Eufrásio Correia (sentido Leste); Praça Carlos Gomes (sentido Boqueirão); e Praça Rui Barbosa (sentido Pinheirinho), além dos terminais Boqueirão (sentido Centro); Capão Raso (sentido Centro); Pinheirinho (sentido Carlos Gomes); Pinheirinho (sentido Rui Barbosa); Portão (sentido bairro); e Sta. Cândida (sentido Centro).

As imagens das câmeras nesses locais utilizam um algoritmo que identifica o distanciamento entre as pessoas e gera alertas caso a restrição de dois metros de aproximação seja descumprida.

Dessa forma, em caso de aglomerações é possível que as forças de segurança emitam alertas para que as pessoas possam aumentar a distância entre si.

O sistema possui um painel de controle para fornecer dados úteis para a tomada de decisões. Em caso de aglomerações é possível emitir alertas para que as pessoas possam guardar distância segura entre si.

“Essa ferramenta, entre outras já utilizadas pela Urbs em conjunto com dados de outras secretarias, são o início da transformação digital pretendida pela gestão do prefeito Rafael Greca”, explicou o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

O aplicativo já está em utilização em cidades sul-americanas como Buenos Aires, Bogotá, Medellin e Quito.

LEIA MAIS: Hospitais privados de Curitiba estão esgotados, diz secretária da Saúde

Previous ArticleNext Article