Curitiba divulga novo boletim neste domingo; casos da Covid-19 sobem para 31

Ana Cláudia Freire

coletiva saúde greca coronavíorus

A Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou no início da tarde deste domingo (22), novo boletim da situação da Covid-19 na capital.

Durante uma live no Facebook da Prefeitura, a médica infectologista Drª Marion Burguer, a secretária de Saúde, Marcia Cecilia Huçulak e o prefeito Rafael Greca, reforçaram que não há motivo para pânico por parte da população e que todos as medidas emergenciais e de segurança estão sendo tomadas.

Segundo a médica infectologista Drª Marion Burguer, Curitiba tem oficialmente 31 casos da Covid-19, depois da confirmação de que um casal, com menos de 60 anos,  retornou dos EUA com a doença. Ao todo são 131 casos descartados e 279 suspeitos.

O prefeito Rafael Greca e a equipe de saúde do município estiveram em videoconferência mais cedo com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para alinhar as ações de combate à pandemia do coronavírus.

Dentre as ações que serão tomadas pela Prefeitura está o afastamento de pessoas com sintomas de gripe, resfriados e infecções respiratórias, não mais por 7 dias, mas sim por 14 dias.

“Nós vamos nos adiantar e seguir o ministro Mandetta porque cautela é sempre bom”, afirmou o prefeito Rafael Greca.

Já a secretária Municipal de Saúde, Marcia Cecilia Huçulak, reforçou o pedido para que equipes médicas, que estão no enfrentamento da doença, façam o uso racional dos materiais de segurança.

A secretária informou ainda que a partir da próxima semana uma central de ajuda a esses profissionais será lançada. ” Estamos montando, a partir dessa semana, uma central de ajuda aos profissionais de saúde, junto às universidades, com suporte de psicologia e psiquiatria, pois sabemos que estes profissionais estão com medo do contágio e é o momento de agir com segurança”, disse a secretária.

O prefeito informou também que está alugando um hotel inteiro para atender e receber os profissionais de saúde que não podem retornar pra casa, para evitar contágio de parentes e familiares do grupo de risco.

Ao fim da live Greca lembrou da importância da vacinação da gripe que começa nesta segunda-feira, com o esquema de vacinação drive thru, para atender à população de idosos da cidade.

MÉDICO INTERNADO EM ESTADO GRAVE APRESENTA MELHORAS GARANTE PREFEITURA

Ainda durante a transmissão da live  a equipe de saúde do município informou que o médico internado em estado grave depois de contrair a doença vem apresentando melhora no quadro.

Boletim mpedico divulgado pelo hospital às 13h45, deste domingo(22), informa que o médico Jamal Munir Bark  permanece em Unidade de Terapia Intensiva com suporte ventilatório, em estado grave, porém mantendo estabilidade clínica nas últimas 48h.

Jamal Munir Bark, de 59 anos, foi internado no Hospital Marcelino Champagnat na última quinta-feira (19) com quadro de insuficiência respiratória. O médico, que atendia pacientes na UPA Boqueirão e no Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, foi confirmado com o novo coronavírus ontem e permanece na UTI.

Segundo a Prefeitura de Curitiba, a provável fonte de infecção foi o contato com uma colega de trabalho que esteve em São Paulo e apresentou sintomas respiratórios leves após o retorno. Todas as pessoas que entraram em contato com os dois estão sendo monitorados e orientados a uma quarentena mínima de sete dias.

Além disso, a administração municipal informou que foi feita uma desinfecção da UPA Boqueirão, que segue seus atendimentos normais e não representa nenhum risco extra à população

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista - Chefe de Redação do Paraná Portal