Curitiba vai orientar reabertura do comércio de rua e uso de máscara será obrigatório

Angelo Sfair

comércio de rua, curitiba, acp, comércio, camilo turmina, coronavírus, covid-19, pandemia, natal, vendas

A Prefeitura de Curitiba vai orientar o comércio de rua sobre a forma correta de proceder a reabertura das portas em tempos de pandemia do coronavírus. As normas valerão a partir de sexta-feira (17).

A administração municipal também adiantou que irá reforçar o apelo para que a população adote a máscara. Ela deve se tornar de uso obrigatório em todos os espaços públicos ou compartilhados.

Nesta quinta-feira (16), deve ser publicado no Diário Oficial do Município um novo decreto com as medidas de contenção. Além disso, uma nova norma do Comitê de Técnica e Ética Médica deverá guiar os comerciantes.

O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca (DEM), que participou do pronunciamento diário realizado pela Secretaria Municipal da Saúde. Curitiba tem 8 mortes causadas pelo coronavírus.

REABERTURA DO COMÉRCIO TERÁ REGRAS ESPECÍFICAS

Greca atende parcialmente a um pedido da ACP (Associação Comercial do Paraná) e do Sindiabrabar (Sindicato das Empresas de Gastronomia, Entretenimento e Similares de Curitiba).

Nesta terça-feira (14), as entidades divulgaram uma carta aberta pedindo o apoio do prefeito na reabertura do comércio de rua.

O MPPR (Ministério Público do Paraná) foi contrário à primeira investida dos comerciantes. A promotoria vê a reabertura do comércio de rua como um potencial risco à saúde pública e à disseminação descontrolada do coronavírus.

curitiba, comércio, reabertura, acp, coronavírus, covid-19
Anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca, pelas redes sociais (Reprodução/Facebook)

“É preciso que o comerciante entenda que acima do lucro existe um bem maior, que é a saúde. Caixão não tem gaveta”, ponderou Rafael Greca, ao anunciar que as orientações seriam oficializadas amanhã (16).

O prefeito Rafael Greca também esclareceu que a prefeitura não determinou em nenhum momento o fechamento compulsório do comércio, a não ser shoppings e galerias.

“Com inteligência, responsabilidade e distanciamento social é possível manter as atividades”, explicou Greca. Conforme o prefeito, as normas a serem seguidas pelo comércio de rua serão semelhantes àquelas adotadas pelos mercados municipais.

MÁSCARAS DEVEM SE TORNAR OBRIGATÓRIAS

Ainda de acordo com o prefeito Rafael Greca, a cidade de Curitiba vai reforçar a orientação para que a população use máscaras em todos os ambientes públicos, incluindo o comércio de rua.

“Queremos que todos usem máscaras. Nas ruas, no transporte público e em todos os espaços públicos”, reforçou o prefeito.

CORONAVÍRUS EM CURITIBA

  • 8 mortes
  • 358 casos confirmados
  • 109 em investigação
  • 120 recuperados
  • 924 descartados

CORONAVÍRUS NO PARANÁ

Loading…

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="693736" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]