Agentes de combate a endemias verificam nível de infestação do Aedes aegypti em Curitiba

Felipe Harmata - BandNews FM Curitiba

dengue

26 mil residências de todos os bairros de Curitiba devem receber os agentes  de combate a endemias para verificar o nível de infestação do mosquito aedes aegypti na cidade. Os agentes são da Secretaria Municipal da Saúde. As visitas devem ser feitas em residências, comércios e terrenos baldios.  Durante as visitas são feitas buscas de possíveis criadouros, coleta de amostras, eliminação de focos e orientações sobre o controle do mosquito.

A escolha dos locais a serem visitados é feita por sorteio, dentro de uma metodologia aplicada em todo o País, em função da densidade populacional e do número de imóveis. O resultado é o índice de infestação do mosquito. Segundo A coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco, a metodologia permite identificar focos do mosquito e os principais tipos de criadouros.

Os agentes de endemia da Secretaria Municipal da Saúde usam camiseta azul clara, boné, calça e jaqueta azul marinho. Todas as peças, assim como o crachá de identificação, levam a logomarca da Prefeitura de Curitiba.

O mapeamento é uma diretriz do Ministério da Saúde e faz parte da ação Curitiba sem Mosquito. O objetivo é que o índice de infestação fique abaixo de 1%. Desde 2017, Curitiba tem cumprido essa meta.

Previous ArticleNext Article