Curitiba irá receber Copa do Mundo dos Refugiados em setembro

Jorge de Sousa

Copa do Mundo - Refugiados - Migrante - Curitiba

Nos dias 28 e 29 de setembro, Curitiba irá receber a Copa do Mundo dos Refugiados. A competição ocorre desde 2014 no Brasil e tem o objetivo de integrar socialmente migrantes e refugiados que buscaram em terras brasileiras uma oportunidade para reconstruir suas vidas.

A Copa do Mundo dos Refugiados é promovida pela ONG África do Coração, com apoio da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, da Acnur (Agência da Organização das Nações Unidas para Refugiados) e OIM (Organização Internacional para as Migrações).

Farão parte do torneio equipes formadas por imigrantes e refugiados da Argentina, Bolívia, Colômbia, Congo, Haiti, Nigéria, Peru e Venezuela. A seleção campeã terá o direito de participar da final da competição, que será realizada no Rio de Janeiro, em novembro.

As fases preliminares da competição serão realizadas no dia 28 (sábado), no CED (Centro de Educação Física e Desporto) da UFPR (Universidade Federal do Paraná). As disputas de terceiro e quarto lugar, além da final vão ter como palco o Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais, no dia 29 (domingo).

“O Governo do Paraná é parceiro no combate ao racismo e à xenofobia. E esta Copa é uma excelente oportunidade de integração e de congraçamento para essas pessoas que escolheram Curitiba para viver”, disse o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

A etapa conta ainda com apoio e da Superintendência de Esporte do Paraná, Caritas Regional, UFPR, OAB-PR (Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná), FPF (Federação Paranaense de Futebol) e da Prefeitura de São José dos Pinhais.

Previous ArticleNext Article