Curitiba retoma vacinação em lares de idosos; 697 já foram imunizados

Redação

vacinação, curitiba, vacina, coronavac, covid, covid-19, coronavírus, plano municipal de vacinação, sms, secretaria municipal da saúde, saúde já, app saúde já

Curitiba retoma nesta quinta-feira (21) a vacinação de idosos e trabalhadores das ILPIs (Instituições de Longa Permanência para Idosos). No primeiro dia de aplicação da CoronaVac, 697 pessoas deste grupo foram imunizadas.

As pessoas imunizadas fazem parte do primeiro grupo prioritário do Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, 807 pessoas foram imunizadas nesta quarta-feira (20). Além dos 697 idosos, trabalhadores e cuidadores das ILPIs, 110 profissionais da saúde foram contemplados no primeiro dia da campanha.

“Hoje, essa vacina representa uma conquista, é o vírus do bem que veio para devolver saúde e alegria”, comemorou o padre Renaldo Amauri de Lopes, presidente do Pequeno Cotolengo.

Ao todo, a primeira fase da vacinação contra a Covid-19 em Curitiba contempla 19 Instituições de Longa Permanência para Idosos.

vacinação, curitiba, vacina, coronavac, covid, covid-19, coronavírus, plano municipal de vacinação, sms, secretaria municipal da saúde, app saúde já
CoronaVac: vacinação em Curitiba é retomada nesta quinta (Daniel Castellano/SMCS)

O primeiro grupo prioritário a receber as doses da CoronaVac repassadas pelo Ministério da Saúde é composto por cerca de 80 mil pessoas. No entanto, apenas 23.160 pessoas serão alcançadas pela vacinação nesta primeira etapa, devido à escassez de doses:

  • 250 profissionais da enfermagem que atuam como vacinadores na campanha;
  • 6 mil moradores, funcionários e cuidadores das 127 instituições de longa permanência;
  • 93 indígenas aldeados da aldeia Kakané Porã, na Regional Tatuquara;
  • 12 mil profissionais de saúde da linha de frente da pandemia em toda a cidade;
  • 2.500 profissionais que integram as equipes das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), e de serviços de remoção médica particulares

A Prefeitura de Curitiba reforça que, neste momento, os cidadãos não devem procurar os serviços de saúde em busca da vacinação.

Todos os contemplados nas fases iniciais da imunização serão convocados por meio do aplicativo Saúde Já (disponível na Play Store e na App Store)

Previous ArticleNext Article