Jovem de 16 anos é acusada de ter mandado matar pai ‘muito rígido’

Metro Jornal Curitiba

O homem e sua namorada foram mortos a facadas dentro de casa na madrugada de sábado.

Uma adolescente de 16 anos foi detida no último sábado (5) na Lapa, região metropolitana de Curitiba, por ter mandado matar o pai, de 49 anos, e a namorada dele, de 47.

Manoel Valdomiro Licheski e Eloina Oliveira foram mortos a facadas dentro de casa na madrugada de sábado. Horas depois, pela manhã, a garota foi prestar depoimento e acabou confessando ter ordenado o crime, executado por dois jovens, de 16 e 19 anos.

A menina, segundo a polícia, já estaria planejando o crime há duas semanas. O motivo do assassinato teria sido a rigidez do pai: a garota deixou de morar com a mãe porque ela não permitia que ela namorasse e esperava que o pai fosse mais flexível, mas Manoel não deixava a adolescente sair de casa, segundo a confissão.

Quando o homem saiu de casa, os três arquitetaram o homicídio. Os jovens teriam aceitado a tarefa com a promessa de uma recompensa em dinheiro. “Após o crime os dois cúmplices fugiram, ocasião que o rapaz de 19 anos jogou a camiseta usada no crime próximo ao trilho do trem, localizada durante as diligências policiais e encaminhada para perícia”, contou o delegado Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, responsável pelo caso.

O jovem de 19 anos já tinha passagens pela polícia e estava solto há 40 dias, de acordo com a delegacia.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="521607" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]