53% dos mutuários da Cohab estão inadimplentes

Narley Resende


Metro Jornal Curitiba

O índice de inadimplentes da Cohab (Companhia de Habitação Popular de Curitiba ) atingiu 53%, segundo informou a prefeitura para a Câmara dos Vereadores.

Para reverter o problema, o prefeito Rafael Greca (PMN) enviou uma proposta de lei que permite a renegociação das dívidas.

O projeto reduz as parcelas e amplia o prazo máximo de renegociação para até o dia 30 de novembro.

O diretor administrativo-financeiro da Cohab, João Luiz Marcon, diz que a renegociação abdica do pagamento de juros de 12.200 contratos. Destes, 5.700 estão em dia e 6.500 em atraso.

São 4.566 pessoas com dívidas, sendo que 1.271 já completaram dois anos sem efetuar pagamentos.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="457519" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]