Procon-PR orienta consumidores sobre proteção de dados pessoais

Assessoria


O Procon-Paraná orienta o consumidor a respeito da proteção de seus dados pessoais em situações nas quais seja necessária a apresentação de documentos.

De acordo com o órgão,  vinculado à Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, o consumidor não é obrigado a fornecer dados como, por exemplo, plano de saúde, CPF, endereço em situações de compra e venda em lojas. Segundo a De acordo com a diretora do Procon, Claudia Silvano, é preciso questionar a necessidade da apresentação dos dos documentos solicitados.

Em casos de venda a crédito ou ao conceder financiamentos, lojistas estão autorizados a consultar documentos.

Não é obrigatória a apresentação de documentos em compras presenciais, porém em eventos culturais e apólices de seguros, a solicitação de dados é correta. O Procon alerta para ligações de empresas: por mais que seja cliente, não informe de imediato.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="541032" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]