Incêndio supostamente criminoso destrói abrigo para cães de rua

Francielly Azevedo


Por Fábio Buchmann – CBN Curitiba

Um incêndio destruiu um abrigo de cães no bairro Alto Boqueirão, na noite de Natal, em Curitiba. A estrutura integrava o chamado “cãodomínio”, que tem outras duas unidades na cidade. Elas ficam no Boqueirão e no Pinheirinho. Foi o segundo ataque em menos de um mês.

O “cãodomínio” é administrado por um grupo. Uma das integrantes é a assistente social Karina Klock. A ideia surgiu a partir da solidariedade da comunidade. Os cães do Alto Boqueirão já viviam há anos na região. Além do abrigo, eles têm toda a assistência veterinária.

“Como são cães que já estão acostumados ali, que já fazem parte da história do bairro, porque são cães que permanecem no local há anos, não surgiram agora. Então nós temos toda uma preocupação. Eles são castrados, vacinados e os vizinhos colaboram levando água e ração. Então tem toda uma ação para instalar o cãodomínio. Existem equipes que vão pela manhã, outras a tarde. São cães comunitários protegidos por lei”, explica.

A estrutura foi completamente destruída. O que revoltou os responsáveis foi que o ataque aconteceu justamente na noite de Natal.

“A única coisa que eles tem na vida é aquilo, é aquela casinha, aquela ração, aquele cuidado que as pessoas dão para eles. Eles não tem lares. E aí chegar uma pessoa muito má e colocar fogo na casa deles, eles perdem tudo e nós ficamos revoltados. Principalmente por perceber que o ser-humano tem cada vez mais maldade no coração, as pessoas deviam nos ajudar ao invés de fazer uma maldade dessa”, desabafa.

Os recursos para a reconstrução da unidade já foram captados depois de uma campanha organizada em redes sociais. Mas ainda faltam itens básicos.

“No momento a única coisa que pedimos é para quem possa contribuir com cobertores, potinhos para água e ração, nós precisamos de ração também, quem puder contribuir com remédios. Então como queimou tudo, queimou as cobertas também e elas são trocadas semanalmente”, conta.

Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo e-mail karinaklock@gmail.com.

 

Foto: Reprodução Facebook
Foto: Reprodução Facebook

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.