Acidente grave na Grande Curitiba mata idoso e manda mais três para o hospital

BandNews FM Curitiba


A rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel (PR-415), na região de Curitiba, já tem mais um acidente grave com óbito na conta. Desta vez, quem perdeu a vida foi um homem de 74 anos. Na noite dessa quinta (27), o carro que ele conduzia ficou sem controle e bateu contra um poste, que se quebrou, na altura do bairro Jardim Triângulo, em Pinhais. Ele estava com outras três pessoas: um menino de quatro anos que fraturou o fêmur e precisou ser hospitalizado em estado grave, uma mulher, de 58 anos, que ficou levemente ferida, e um bebê, de 11 meses de vida, que também se machucou um pouco.

A rodovia tem sido palco de sucessivos acidentes. Este, por exemplo, foi o segundo em menos de uma semana.

No último domingo (22), um rapaz morreu ao ser ejetado de um carro que também ficou sem controle, bateu em uma moto e em outro automóvel e capotou. Um segundo ocupante do veículo saiu ferido, assim como as duas pessoas que estavam na moto, mas sobreviveram ao desastre.

O acidente foi perto da esquina da rua Antônio Gelinski, onde uma das faixas de rolagem da rodovia termina e há um afunilamento da via.

Ainda há dúvidas sobre o que matou o motorista – se foi um mal súbito ou a violência da colisão. A causa só vai ser esclarecida após a perícia do Instituto Médico-Legal de Curitiba.

Quem atendeu à ocorrência foi a Polícia Rodoviária Estadual, que investiga o caso, e o atendimento às vítimas foi realizado pelo Corpo de Bombeiros. A BandNews procurou o Departamento de Estradas de Rodagem, mas nenhum representante do órgão aceitou gravar entrevista.

Por meio de nota, o DER lamenta a fatalidade, mas que vai dar atenção especial ao trecho. No documento, o órgão informa que o projeto de revitalização da PR-415 foi elaborado e é executado em conformidade com as normas técnicas do Instituto Brasileiro de Auditoria de Obras Públicas (Ibraop).

O departamento, vinculado ao governo do estado, afirma ainda que considera a sinalização na rodovia adequada, já que há placas com avisos de que o trecho passa por uma intervenção, além de sinalização horizontal com pintura reflexiva, e vertical, indicando o limite de velocidade, que é de 70 km/h. Mesmo assim, diz o comunicado, melhorias nos sinais de trânsito estão em execução ao logo dos 14 quilômetros que são duplicados ou triplicados.

Previous ArticleNext Article
em 20 minutos tudo pode mudar
[post_explorer post_id="539889" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]