Aplicativo ‘Miss Táxi’ oferece serviço apenas com motoristas mulheres

Narley Resende


André Rogal Wuicik, com Narley Resende.

Um aplicativo de táxi de motoristas mulheres tem operado em Curitiba desde dezembro do ano passado. Criado por uma Start Up, o “Miss Táxi”, funciona como uma Rádio Táxi Virtual que reúne apenas motoristas mulheres, mas que fazem o transporte tanto de homens quanto de mulheres.

Os carros fazem parte da frota regulamentada pela Urbs, as motoristas são cadastradas, mas o aplicativo não é oficial. A Urbs não se responsabiliza pelo serviço do app, que pode ser considerado clandestino.

Curitiba tem seis aplicativos de táxi regulamentados pela Urbs: Central Táxi, Táxi Sereia, Táxi Curitiba, Lig Táxi, Faixa Vermelha e Rádio Táxi Capital. Todos são ligados às centrais de táxi da cidade.

Mercado

A empresa começou a ser desenvolvida há dez meses, após a reunião de condutoras de táxis, que ouviram passageiros e debateram os problemas diários da categoria.

Todos os carros usados são regulamentados pelas leis municipais de transporte de passageiros de Curitiba, única cidade onde o aplicativo opera. Já são 500 mulheres operando.

O diretor comercial do Miss Táxi, Eduardo Hofman,  fala que a ideia é dar mais segurança para mulheres no setor e ampliar a qualidade no serviço de transporte de passageiros.

“O projeto leva em consideração todos os fatores colocados pelas mulheres como difíceis de trabalhar, situações complicadas, que passam todos os dias. E também pela demanda por conforto, segurança e qualidade”, afirma.

Eduardo nega que o serviço seja sexista por negar motoristas homens e diz que o serviço é um nicho do mercado de transporte de passageiros.

“A gente não enxerga isso como uma restrição, mas como um nicho de marcado. Existe demanda e a gente enxergo essa necessidade. Existe procura por esse serviço”, defende.

Clientes cadastrados

A motorista Luciana Ferreira está com a equipe do Miss Táxi desde o início do projeto e disse que o principal diferencial para as motoristas é a segurança.

Todos os clientes preenchem um cadastro com foto e dados pessoais antes de solicitar a corrida, o que, para Luciana, deixa as condutoras mais confortáveis.

“Dá uma segurança muito grande pra gente. Solicitamos muitas coisas. Uma delas foi que tivesse uma foto para que a pessoa ficasse realmente visível, que não usasse chapéu, boné, óculos. O cliente é cadastrado, conferido, e que o cliente que vai chegar é aquele mesmo”, disse.

O empresário Fernando Zanardini usa o aplicativo diariamente e diz que escolheu o serviço por causa do bom estado dos veículos e também pelo atendimento

“O aplicativo funciona super bem. Eu optei por usar o Miss Taxi porque as moças são extremamente simpáticas, os carros são sempre limpos”, elogia.

Os passageiros que quiserem utilizar o serviço devem baixar o aplicativo pelo celular, disponível para Android e iOS. Para solicitar as corridas, é necessário preencher um cadastro com dados pessoais e a forma de pagamento.

Também é possível solicitar o tamanho do carro e utilizar cupons de desconto.

Já as condutoras que querem dirigir pelo Miss Táxi devem responder um formulário e enviar os documentos solicitados pela empresa.

Caso aprovadas, as condutoras já podem começar a usar o serviço. O valor da corrida custa o mesmo que um táxi regulamentado em Curitiba.

Miss Táxi
Carros são os mesmos da frota comum, da cor laranja, conforme o padrão da cidade. Foto editada / divulgação

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="409797" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]