Prefeitura de Curitiba manda demolir barracão de recicláveis que pegou fogo

Andreza Rossini


O barracão de reciclagem que pegou fogo no bairro Boqueirão, em Curitiba, na tarde de sexta-feira (24), será demolido. A decisão foi tomada na manhã deste sábado (25), pelos técnicos da Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), ligados a prefeitura da capital, devido ao risco de desabamento das paredes.

Duas pessoas ficaram feridas no incêndio, elas seriam as proprietárias do barracão. De acordo com a administração municipal, 43 pessoas trabalham no local, que funcionava como uma central em que os catadores separavam o lixo e revendiam para as empresas.

Por meio de nota, a Fundação de Ação Social (FAS) informou que vai fornecer cestas básicas aos trabalhadores.

Outros incêndios

Outros dois barracões pegaram fogo na madrugada de sexta-feira, também no bairro boqueirão. Neste caso, a suspeita é que o fogo tenha sido causado por um curto circuito. Vários carros do bombeiro foram chamados para combater as chamas no local.

O barracão é do Programa Ecocidadão da Prefeitura de Curitiba. Todo o equipamento utilizado pelos catadores foi perdido.

O lixo era trazido pelo caminhão de recicláveis da prefeitura, separado e vendido. A renda da revenda do material ficava com os trabalhadores.

Confira na íntegra a nota da prefeitura

A Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis da Prefeitura de Curitiba fez um relatório indicando a demolição do Barracão de materiais recicláveis, no Boqueirao. O barracão sofreu um incêndio nesta madrugada e uma vistoria feita na manhã deste sábado pela Cosedi avaliou risco de desabamento do que restou da estrutura. No barracão trabalhavam 43 pessoas que não estavam no local momento do incêndio.
A FAS vai fornecer roupas e a Prefeitura ajudará as famílias com cestas básicas.

Previous ArticleNext Article