Brigas de torcedores em Atletiba destrói ônibus de Curitiba

Redação


Brigas entre torcedores do Coritiba e do Atlético Paranaense, ocorridas durante o clássico Atletiba realizado na noite de quarta-feira (1), retiraram pelo menos dois ônibus da linha Santa Cândida/Capão Raso das ruas, de acordo com o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp).

Os dois casos ocorreram na Avenida Sete de Setembro, entre torcedores que estavam dentro contra os que estavam fora dos ônibus. O primeiro conflito aconteceu na altura da estação-tubo Alferes Poli, quando vidros dos ônibus foram quebrados com pedradas e o para-brisa foi estilhaçado.  O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi chamado para atender uma pessoa ferida levemente, logo liberada.

Ônibus quebrado
Foto: Divulgação/Setransp

A segunda confusão ocorreu após o clássico, entre  estações-tubo Coronel Dulcídio e Bento Viana e registrado pela Polícia Militar por meio de Boletim de Ocorrência (B.O). Os vidros do ônibus foram quebrados novamente e as janelas de emergência foram arrancadas. Segundo a Setransp, na manhã desta quinta-feira (2), foram encontradas pedras, rojões e pedaços de madeira dentro do coletivo. Ninguém foi encaminhado para a delegacia e, após parar a briga, a PM escoltou os torcedores que estavam dentro do ônibus até o terminal do Sítio Cercado.

Além das duas confusões, a PM informou que um torcedor foi encaminhado para a delegacia de dentro do estádio porque estava com sinalizador.

A Setransp condenou as brigas nos coletivos. “Não apenas causam prejuízo material, mas colocam em risco a vida de passageiros e colaboradores. As operadoras esperam que os órgãos competentes ajam com rigor para punir os responsáveis e evitar novos conflitos”, diz por meio de nota.

A Torcida Organizada Império Alviverde (IAV), do Coritiba, afirmou que não vai se pronunciar sobre o caso. Segundo a diretoria IAV, os torcedores ligados à organizada não foram ao jogo em protesto contra o torcedor morto pela Polícia Militar e a eliminação do Coritiba pelo ASA, pela Copa do Brasil. 

O Paraná Portal não conseguiu entrar em contato com a Torcida Organizada Os Fanáticos, do Atlético Paranaense.

Previous ArticleNext Article