Câmara deve discutir abertura de créditos suplementares em Curitiba na segunda

Roger Pereira


Da BandNews FM Curitiba

Vereadores discutem na segunda-feira (19) duas mensagens da Prefeitura de Curitiba para a abertura de créditos adicionais especiais que somam R$ 28,5 milhões. Uma das mensagens concentra a maior parte dos recursos, de R$ 27,3 milhões. A intenção é remanejar valores que seriam utilizados no pagamento de precatórios para quitar parte da dívida do Executivo com o Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC).

A operação já está prevista em uma lei municipal, a de número 14.911, de 2016, que autorizou o parcelamento da dívida com o IPMC em até 60 prestações e também todo o impacto decorrente da medida. Em 2017, serão R$ 51,4 milhões; e em 2018, R$ 57,8 milhões.

O segundo crédito orçamentário é de R$ 1,24 milhão. Ele trata de despesas com a implantação da rede lógica, aquisição de equipamentos de informática e compra de mobiliário para a Rua da Cidadania do Cajuru (R$ 1,229 milhão). Também prevê o pagamento adicional de um contrato da construção do Centro Municipal de Educação Infantil Portão (R$ 13.579,60).

Os recursos, segundo a mensagem da Prefeitura, são provenientes de aproximadamente R$ 679 mil de superávit financeiro e de R$ 348 mil de excesso de arrecadação. Se forem aprovadas em primeira votação, as mensagens passam por segunda discussão na terça-feira (20).

Previous ArticleNext Article
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal