Comerciantes e moradores reclamam de insegurança em cemitérios municipais

Andreza Rossini


Da BandNews Curitiba

Comerciantes e moradores de regiões próximas a cemitérios municipais de Curitiba apelam por segurança. As frequentes reclamações da população tratam basicamente de roubos e furtos nas imediações e até mesmo dentro dos cemitérios, assim como da falta de limpeza nas capelas mortuárias.

A capital paranaense tem quatro cemitérios municipais. O segundo mais antigo, do bairro Água Verde, tem se tornado alvo constante de reclamações. O empresário Zegmundo Winiarski, proprietário de uma floricultura no local, relata os últimos episódios. Segundo ele, a vigilância é feita pelos próprios lojistas.

O empresário diz não ver guardas municipais no cemitério há quase um mês.

Os comerciantes também reclamam da falta de limpeza nos cemitérios, já que o contrato com a empresa que cuidava disso foi encerrado no começo do mês. Por meio de nota, a prefeitura de Curitiba diz que “a manutenção dos cemitérios é feita regularmente por equipes da empresa terceirizada contratada para essa finalidade”.

Em relação à limpeza dos banheiros e outras áreas internas, está em andamento a contratação emergencial de uma empresa para a limpeza dos espaços sob gestão da Secretaria Municipal do meio Ambiente – incluindo os cemitérios – em substituição à prestadora anterior, cujo contrato se encerrou no último dia 6 de julho”. Em relação a segurança, a Guarda Municipal informa que conta com uma dupla de agentes sempre das 7 horas da noite até as 7 horas da manhã nos cemitérios municipais, que faz rondas durante toda a noite, madrugada e início da manhã.

Ao longo do dia, a Guarda trabalha com patrulhamento em viaturas e motos na região do Cemitério.

Previous ArticleNext Article