Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Depois de uma semana, acaba a greve do transporte coletivo de Curitiba

Motoristas e cobradores de Curitiba e Região decidiram finalizar a paralisação do transporte coletivo, nesta quarta-feir..

Francielly Azevedo - 22 de março de 2017, 17:03

Motoristas e cobradores de Curitiba e Região decidiram finalizar a paralisação do transporte coletivo, nesta quarta-feira (22). A categoria cruzou os braços no último dia 15. O acordo pelo fim da greve foi firmado após a Urbanização de Curitiba (Urbs) e a Coordenação da Região Metropolitana (Comec) aceitarem reajustar o vale-alimentação dos trabalhadores.

ANÚNCIO

Pela manhã os profissionais já tinham suspendido a greve, porém ainda não existia um acordo. Os trabalhadores aceitaram a proposta de reajuste salarial de 6%, mas ainda lutavam pela mudança no cartão alimentação. O mesmo percentual seria aplicado no vale-alimentação, mas os profissionais do transporte coletivo pediram um índice maior.

Durante a tarde, Urbs e Comec concordaram em aumentar o valor de 6% para 15%, que será incluído na planilha técnica que remunera as empresas. Sendo assim a proposta aceita por motoristas e cobradores prevê 6% de reajuste salarial, R$ 575 de vale-alimentação e R$ 400 de abono.

De acordo com a prefeitura, a medida não trás nenhum impacto no valor da passagem paga pelo passageiro.