camara municipal
Compartilhar

Dez pontos turísticos de Curitiba fora do cartão-postal

SMCSCuritiba tem seus atrativos turísticos mais célebres marcados nos cartões-postais, como o Jardim Botânico, Pa..

Jordana Martinez - 12 de maio de 2017, 16:05

SMCS

ANÚNCIO

Curitiba tem seus atrativos turísticos mais célebres marcados nos cartões-postais, como o Jardim Botânico, Parque Tanguá, a Ópera de Arame e o Museu Oscar Niemeyer. Mas a cidade tem diversos outros pontos que muitos turistas ainda não conhecem e que merecem a visita. Entre ruas, parques e museus, a capital paranaense tem muito mais para mostrar:

Praça da Espanha

A Praça da Espanha foi fundada em março de 1955 como homenagem ao país Ibérico. Ostenta um busto do escritor espanhol Miguel de Cervantes, que também dá nome ao Farol do Saber instalado na praça. Chafariz e parquinho compõem o local.

Com uma área de mais de seis mil metros quadrados, a Praça da Espanha se tornou um centro de cultura, onde hoje acontecem eventos de gastronomia e música. Todo sábado, a Praça é tomada por carros antigos e relíquias na Feira de Antiguidades. Também há diversos restaurantes no entorno.

ANÚNCIO

Local: Rua Coronel Dulcídio, s/n - Bigorrilho

A praça Zumbi dos Palmares, no Pinheirinho, Curitiba, (arquivo) Foto:Joel Rocha/SMCS A praça Zumbi dos Palmares, no Pinheirinho, Curitiba, (arquivo) Foto:Joel Rocha/SMCSParque Lago Azul, no Umbará, volta a ser ponto de encontro das famílias. Curitiba, (arquivo) Foto: Orlando Kissner/SMCS Parque Lago Azul, no Umbará, volta a ser ponto de encontro das famílias. Curitiba, (arquivo) Foto: Orlando Kissner/SMCSAérea represa do Parque do Passauna. Curitiba ,(arquivo) Foto: Luiz Costa/SMCS Aérea represa do Parque do Passauna. Curitiba ,(arquivo) Foto: Luiz Costa/SMCS

Gibiteca

Essa é a primeira biblioteca especializada em história em quadrinhos do Brasil. O seu acervo é composto por 30 mil exemplares divididos nas categorias infantil, adulto, minisséries super-heróis, estrangeiros, curitibanos, nacionais, antigos, livros de RPG, mangás, encadernados, terror, livros teóricos sobre hq, e diversos. Os exemplares estão disponíveis apenas para consulta no local.

O prédio, o Solar do Barão, também é um atrativo à parte, tendo sido residência do ervateiro Ildefonso Pereira Correia, o Barão do Serro Azul. Além da Gibiteca, o edifício reúne importantes unidades da Fundação Cultural de Curitiba, relacionadas às artes gráficas: o Museu da Fotografia, o Museu da Gravura e o Museu do Cartaz.

Local: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 - Centro.