Em meio a protestos, professores retomam às aulas nesta segunda-feira

Mariana Ohde


Com Metro Curitiba

Na última sexta-feira (24), uma assembleia decidiu pelo fim da greve dos professores municipais de Curitiba – que durou seis dias -, mas o estado de greve foi mantido. Com isso, as aulas voltam ao normal a partir desta segunda-feira (27), porém, o Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) promete manter a mobilização com vários atos em defesa da educação e pelo plano de carreira, cuja implantação está em negociação emperrada com a prefeitura.

Neste domingo (26), centenas de professores municipais fizeram uma manifestação no Parque Barigui, durante um dos eventos de comemoração do aniversário de 324 anos de Curitiba, a serem completados nesta quarta-feira (29). Os manifestantes ficaram em frente à tenda onde estava o bolo de 600 kg, oferecido à população pelo Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Paraná (Sipcep), e distribuíram panfletos e outros materiais para a população.

O prefeito Rafael Greca (PMN) não compareceu à festa organizada pela prefeitura ontem no Parque Barigui, mas no sábado esteve em comemorações realizadas nas regionais Pinheirinho e Tatuquara, no Sul da capital.

Os professores devem realizar ainda nesta semana, no dia 29, um ato público na Catedral de Curitiba, a partir das 9h30, durante a Aula Magna que será realizada pelo prefeito em homenagem ao aniversário da capital.

CURITIBA 324 ANOS – Teste seu conhecimento
Confira o jogo de palavras cruzadas exclusivo do Paraná Portal. São 60 questões sobre a cidade, sua história, lugares e pessoas.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="421459" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]