Estudante de direito é flagrado em audiência com registro cancelado na OAB

Narley Resende


A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraná, denuncia a prática ilegal da profissão de advogado por estudantes e pessoas que não passaram pelo exame da Ordem.

Na sexta-feira (20), um estudante de Direito foi flagrado pela Comissão de Fiscalização do Exercício Profissional em uma audiência nos Juizados Especiais, em Curitiba. Ele será indiciado em flagrante de exercício ilegal da profissão e falsidade ideológica.

Além de exercer a profissão sem licença, o estudante usava o número de inscrição de uma advogada cancelada na Seccional. Segundo o presidente da OAB Paraná, José Augusto de Noronha, a comissão da seccional faz fiscalização constante para flagrar a irregularidade.

Além de falsos advogados em diversos contextos, a fraude é comum na área cível e administrativa, na área previdenciária, geralmente com clientes que não sabem como checar a autenticidade do registro do advogado.

De acordo com José Augusto de Noronha, há ainda casos de pessoas que sequer são da área de direito atuarem como falsos advogados.

O registro do advogado pode ser conferido no site oabpr.org.br. Segundo a Ordem, o Paraná tem 58 mil advogados registrados e não há espaço para se conceber a hipótese de pessoas sem registro exercerem a profissão.

Previous ArticleNext Article