Ministério Público fecha igreja por poluição sonora no CIC

Andreza Rossini


A Justiça determinou o encerramento das atividades de uma igreja na Cidade Industrial de Curitiba, devido a poluição sonora e falta de alvarás, de acordo com o Ministério Público.

A poluição sonora foi confirmada pelo MP a partir da denúncia de moradores da região que reclamavam do barulho excessivo e em horários inadequados na igreja.

Ainda de acordo com o órgão, a instituição não tem autorização ambiental e nem alvará de funcionamento.

A ação menciona ainda que, mesmo notificado pela Prefeitura de Curitiba, o empreendimento não regularizou sua situação. O não cumprimento da decisão vai implicar no pagamento de multa no valor de R$ 25 mil.

A decisão foi tomada pela 5ª Vara Cível de Curitiba, na segunda-feira (4). A decisão, em caráter liminar, atende a ação proposta pelo MP.

Outro caso

Este é o segundo caso de igreja fechada pelo Ministério Público devido a problemas com alvará e poluição sonora em menos de um mês.  Uma instituição do Santa Cândida foi fechada em meados de novembro.

 

 

 

Previous ArticleNext Article