Frentistas de Curitiba aderem a greve geral

Andreza Rossini


Os frentistas de postos de combustíveis de Curitiba devem paralisar as atividades na sexta-feira (28), de acordo com o Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços e Combustíveis de Curitiba, o Sinpospetro.

A decisão foi tomada em assembléia geral extraordinária e aprovado por unanimidade pelos trabalhadores que participaram.

“Somos contrários as propostas de reforma trabalhista, da previdência e da lei de terceirização propostas pelo governo.  A paralisação tem início às 06h desta sexta-feira (28)”, diz a nota divulgada nas redes sociais.

Convocada pelas centrais sindicais, a greve geral é um movimento nacional contra as reformas trabalhista e previdenciária que estão em tramitação no Congresso Nacional.

Categorias que prometem parar em 28 de abril

Asseio Cavo
Repar Petroleiros
Metalúrgicos RMC
Motoristas e cobradores
Bancários
Vigilantes
Postos combustíveis do centro Curitiba e principais bairros
Marmoreiros
Servidores Campo Largo
Professores estaduais
Professores Campo Largo
Professores municipais CTBA
Saneamento Sanepar
Alimentação PNGA
Metalúrgicos PNGA, Londrina, Maringá, Cascavel, Guarapuava, Irati, Pato Branco
Professores e técnicos Universidades Federais
Hospital de Clínicas (Sinditest / Andes)
Trabalhadores Saúde Estadual (Sindsaúde)
Servidores municipais e professores Araucária
Servidores Municipais São José dos Pinhais
Correios
Servidores municipais CTBA
Professores CTBA / Rede Municipal
Professores escolas particulares (Sinpropar)
Professores ensino superior rede particular (Sinpes)
Comerciários região central CTBA e SJP
Indústrias Têxteis
Indústrias Alimentação Bebidas
Servidores Alm Tamandaré
Servidores Incra
Professores e funcionários universidades estadias
Servidores do Incra

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="427523" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]