Hospital Evangélico reabre pronto-socorro após ficar três dias com atendimento suspenso

Mariana Ohde


Com CBN Curitiba

O Hospital Evangélico informou, por meio de nota, que as atividades do pronto-socorro foram retomadas nesta segunda-feira (7). O atendimento foi suspenso na última sexta-feira (4) devido à falta de materiais, como medicamentos e soros.

A interrupção temporária do pronto-socorro aconteceu por causa da grave crise financeira que o hospital enfrenta atualmente.

De acordo com a nota, as dificuldades financeiras também motivaram a intervenção no Evangélico, proposta pelo Ministério Público do Trabalho e acolhida pela Justiça do Trabalho em 2014, que prevê fortes medidas de controle de custos.

O hospital alega que, em função de dívidas passadas, também há a necessidade de um aumento na receita. Neste sentido, já estão em andamento tratativas com o Poder Púbico Municipal, Estadual e Federal. O Evangélico ressaltou na nota que as prioridades são os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Curitiba e região metropolitana – que correspondem a 95% do total de atendimentos do hospital.

Essa não foi a primeira vez que o pronto-socorro do Evangélico foi fechado por problemas financeiros. O mesmo já havia acontecido em setembro. Na ocasião, foram mantidas apenas as cirurgias de emergência. A situação só foi normalizada 24 horas de depois. A Prefeitura chegou a fazer um repasse extra de R$ 3 milhões para compra de materiais.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="395864" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]