Investigado em esquema de corrupção, secretário municipal está foragido

Andreza Rossini


Da BandNews Curitiba

O secretário municipal de finanças do município de Virmond, na região Centro-Sul do Paraná, está foragido. Filho da atual prefeita da cidade, ele teve a prisão preventiva decretada na quinta-feira (14) pela Justiça. O secretário é Investigado na Operação DNA, desencadeada pelo Ministério Público e Polícia Militar. Ele é suspeito de cobrar propinas e liderar um esquema de corrupção que atuava na Prefeitura de Virmond, município que fica bem próximo a Laranjeiras do Sul.

Além do secretário de finanças, outros quatro servidores públicos foram afastados dos cargos. Três contadores e uma assessora especial também são investigados. Todos os cinco foram presos preventivamente na semana passada, quando foi desencadeada, no dia 08 de julho, a Operação DNA. Dos cinco servidores, apenas o secretário permanece detido.

Os mandados judiciais foram expedidos pelo Juízo de Cantagalo, região central. De acordo com a Justiça, a prisão preventiva do secretário municipal é necessária porque “mesmo no período em que permaneceu preso temporariamente, ele tentou impedir o recolhimento de provas”. O secretário atrapalhou as investigações porque tentou impedir o depoimento de testemunhas.

A Operação DNA investiga uma organização criminosa envolvida em fraudes a licitações. Segundo o Ministério Público, o grupo também cometia outros crimes, como a cobrança de propinas, desvio de recursos públicos e emissão de notas fiscais frias. O esquema de corrupção gerou um prejuízo de pelo menos R$ 200 mil.

Previous ArticleNext Article