Mais de 100 mil contribuintes curitibanos são cobrados por débitos municipais

Andreza Rossini


Repórter Joyce Carvalho da CBN Curitiba

Mais de 100 mil contribuintes curitibanos receberam cartas de cobranças de débitos atrasados. Estes documentos foram encaminhados pela Procuradoria Geral do Município, informando que o prazo para a quitação das pendências é 28 de dezembro deste ano.

O diretor do departamento de Controle Financeiro da prefeitura de Curitiba, Ary Gil Merchel Piovesan, cita quais são as dívidas destes contribuintes.

“São valores em aberto de IPTU e ISS. Foram enviadas correspondências com os débitos”, afirmou.

Segundo a prefeitura, estas cobranças somam quase R$ 74 milhões. São dívidas de até R$ 3 mil em IPTU e R$ 4 mil em ISS, o Imposto sobre Serviços. Os débitos podem ser parcelados.

Piovesan explica que o parcelamento pode ser confirmado por meio do site disponível para a quitação de dívidas.

“Na carta já tem toda uma base de informações para isso, com as informações para preencher no site”, disse.

O diretor do departamento de controle financeiro alerta que esta é a última oportunidade de acertar as pendências na esfera administrativa. Os casos de não pagamento podem ser encaminhados para a Justiça.

“Esses valores que se mantiverem em abertos vão sofrer a possibilidade do protesto e da cobrança judicial a partir do ano que vem, isso encarece ainda mais a dívida do contribuinte”, alertou.

Aqueles que têm débitos em cobrança judicial devem comparecer obrigatoriamente no Setor de Dívida Ativa da Procuradoria Geral do Município, que fica na Rua Álvaro Ramos, 150.

Com o envio das cobranças, a prefeitura de Curitiba espera obter um retorno de 20% a 30% do valor devido.

 

 

Previous ArticleNext Article