Manifestante é preso pela PM durante ato contra Temer

Narley Resende


BandNews FM Curitiba

Um manifestante foi preso na noite desta terça-feira (06) pela Polícia Militar (PM) durante um ato contra o presidente Michel Temer (PMDB). Ele foi detido por, supostamente, ter pichado uma viatura. Os manifestantes negam essa versão. Um vídeo divulgado pelo grupo mostra que o jovem, identificado como Felipe Machado, não reagiu à prisão. Ele foi levado para o 1º DP da Polícia Civil, no Centro de Curitiba.

O ato pede a saída de Temer e a convocação de eleições diretas. Segundo a organização, cerca de 10 mil pessoas participaram da manifestação, que nesta terça (06) também contou com o apoio de militantes ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O grupo se reuniu na Praça 19 de Dezembro e saiu em marcha às sete e meia da noite. A passeata teve como trajeto algumas das principais ruas da região central Curitiba. Após a prisão de um dos manifestantes, o trajeto foi alterado e se dirigiu ao 1º DP, na Rua André de Barros, para prestar apoio a Felipe Machado.

Os advogados do grupo CWB Contra Temer reúnem vídeos e registros fotográficos da ação da PM. O grupo tenta esclarecer o que realmente pode ter motivado a prisão do manifestante.

A reportagem tentou contato com a Polícia Militar e com o 1º DP da Polícia Civil. Nenhum dos órgãos foi encontrado.

Previous ArticleNext Article