Manifestantes pró-impeachment encerram protesto em Curitiba

Andreza Rossini


Por Andreza Rossini e Julio Cesar Lima – Cerca de 25 mil  pessoas se reuniram na Praça Santos Andrade, em Curitiba, na tarde deste domingo (31), de acordo com a Polícia Militar. De acordo com os organizadores, a manifestação aconteceu para pedir agilidade no processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, em apoio a Operação Lava Jato e as dez medidas contra a corrupção do Ministério Público Federal (MPF). A organização do evento estima que 15 mil pessoas tenham participado do ato.

Os manifestantes seguiram caminhada até a Boca Maldita, também no centro da capital, onde encerram a manifestação.

Uma bandeira gigante com a frase “Viva a Lava Jato” foi confeccionada para a ocasião.  O movimento Mais Brasil Eu Acredito, em conjunto com outros movimentos sociais promoveram o protesto.

Em entrevista ao Paraná Portal o manifestante Keizo Assahyda afirmou que a baixa adesão ao movimento, se comparado a manifestações anteriores, acontece devido ao conforto dos brasileiros. “Na realidade é a zona de conforto do povo brasileiro que sempre existiu. Quando sentiu o problema veio as ruas e agora que o país começou a respirar um pouco, todo mundo voltou ao seu estado de conforto”, disse.

Para Monaliza Sousa a população se acomodou acreditando que o processo de impeachment acabou e a presidente afastada Dilma Rousseff já perdeu o cargo. Letícia Sinn afirma estar indignada com a situação. “As pessoas acham que o processo já acabou, mas a luta tem que continuar”, afirmou.

Foto: Julio Cesar Lima
Foto: Julio Cesar Lima

Rito do impeachment

O julgamento final do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff começará no dia 29 de agosto e tem previsão para durar uma semana, informou o Supremo Tribunal Federal (STF) neste sábado (30) por meio de nota.

O cronograma divulgado prevê que no dia 9 de agosto, uma terça-feira, seja realizada a primeira sessão plenária sobre o impeachment, sob coordenação do presidente do STF, Ricardo Lewandowski. A partir de então, defesa e acusação terão 48 horas para apresentar seus argumentos e o rol de testemunhas que participarão da fase final do processo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="375968" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]