Motoristas e Cobradores marcam protesto, após morte de motorista durante arrastão na RMC

Francielly Azevedo


Por Karina Bernardi – CBN Curitiba

Após a morte de um motorista de ônibus na Região Metropolitana de Curitiba, motoristas e cobradores marcaram, para esta segunda-feira (24), um protesto pedindo mais segurança. O motorista foi morto durante um arrastão na noite deste sábado (22).

O crime foi por volta das 21h30min, na BR-116, na região da Vila Zumbi, em Colombo. O ônibus, que fazia a linha Curitiba/Jardim Paulista, entre Curitiba e Campina Grande do Sul.

Segundo informações do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região (Sindimoc), três homens e uma mulher entraram no ônibus e deram voz de assalto. Eles levaram os pertences dos passageiros. De acordo com testemunhas o motorista, de 45 anos, não reagiu ao assalto, mas teria pedido para os assaltantes saírem do veículo após o roubo. Ele acabou baleado no peito e morreu no local. Os suspeitos fugiram pelas ruas do bairro.

Os trabalhadores do transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana marcaram um protesto para as 15 horas desta segunda-feira, na Praça Rui Barbosa, no centro da capital. Eles pedem a instalação de sistemas de monitoramento por câmeras em todos os ônibus da grande Curitiba.

Em nota, o Setransp (sindicato que representa as empresas de ônibus), informou que lamenta  a morte do colaborador da Viação Castelo Branco e que irá acompanhar as investigações. O Setransp informa ainda que diante desta ocorrência voltará a pedir a ação dos órgãos competentes para garantir mais segurança no transporte coletivo.

Previous ArticleNext Article
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.
[post_explorer post_id="443831" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]