Número de atropelamentos cai em Curitiba

Mariana Ohde


Curitiba registrou uma queda de 36,5% no número de atropelamentos nos primeiros quatro meses de 2016 em comparação com o mesmo período de 2014. Entre janeiro e abril, foram 153 atropelamentos ao todo na capital, que deixaram 146 pessoas feridas e três mortos. Em 2014 foram registrados 241 acidentes no mesmo período, com 245 feridos e três mortos – o que representa uma queda também no número de feridos, de cerca de 40%.

A queda, segundo os dados, aconteceu de forma gradual – em 2015, foram 194 atropelamentos, com 192 feridos e duas mortes registradas.

As regiões que seguem, ao longo dos anos, aparecendo entre as mais perigosas da cidade são a Avenida Marechal Floriano Peixoto, Avenida República Argentina e Avenida Sete de Setembro. A Marechal Floriano Peixoto aparece nos três anos pesquisados – 2014, 2015 e 2016 – entre as regiões com maior número de ocorrências. Em 2016, além da Marechal, a República Argentina também foi considerada uma das regiões mais perigosas.

Segundo o BPTran, a queda pode ser atribuída, principalmente, ao reforço na fiscalização e à implantação da Área Calma no Centro – área que delimita uma região onde a velocidade máxima permitida é de 40 km/h. A Área Calma está em vigor desde novembro de 2015. A diminuição no número de casos aconteceu apensar do aumento do número de veículos na cidade. Hoje, são cerca 1,4 milhão de veículos, número que aumentou 46% entre 2007 e 2015.

“Ainda temos muito a melhorar. Dizer que não haverá acidentes é impossível, mas ainda há acidentes que poderíamos trabalhar anteriormente na prevenção”, afirma o tenente Ismael Veiga, porta-voz do BPTran. O órgão estima que 96% dos atropelamentos poderiam ser evitados, já que são causados por falhas humanas como a imprudência e falta de atenção.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="371895" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]