Por alta procura, ‘Nossa Feira’ abre mais 5 pontos

Narley Resende


Brunno Brugnolo, Metro Jornal Curitiba

O aumento do preço de frutas, verduras e hortaliças nos mercados tem feito crescer a demanda das ‘Nossas Feiras’, programa com produtos vendidos diretamente de cooperativas de agricultores familiares da Região Metropolitana de Curitiba.

Por causa da alta procura, mais cinco feiras serão abertas a partir da próxima semana – uma em cada dia útil – passando a 20 pontos.

Segundo o secretário municipal do Abastecimento, Marcelo Munaretto, quando cinco novos pontos foram inaugurados no início do ano – totalizando os atuais 15 – já havia outros cinco viáveis, mas que não estavam previstos.

pontos“Existiam pontos de interesse social e nível de demanda, mas o aumento grande na procura foi a gota d’água para abrir ainda este ano”, explicou.

O aumento só não é maior porque durante o outono/inverto a frequência é menor, mas em vários dos atuais 15 pontos de venda espalhados pela cidade – 3 por dia – filas se formam na entrada. Em algumas, a espera chega até uma hora.

Por dia, são cerca de 2,4 mil clientes, que com-pram 24 toneladas de alimentos. Eles devem subir para 3,2 mil na próxima semana. “A proposta é promover uma economia de pelo menos 40%. No último mês e neste, a média da economia real está em tomo de 52%”, declarou Munaretto.

Além da ajuda no bolso da população, as feiras aumentaram a rentabilidade das cooperativas nos últimos anos. Desde o começo do programa, a Copasol (Cooperativa de Processamento Alimentar e Solidária de São José dos Pinhais) aumentou suas vendas em 450%. Já a da Cooacol (Cooperativa Agrícola Familiar de Colombo) dobrou, por exemplo.

Munaretto alerta que de-pendendo do clima das próximas semanas e do número de geadas, o preço pode subir, como aconteceu com o Sacolão da Família no início de mês, que foi para R$ 2,29 o kg. “Ou faz isso, ou podemos quebrar as cooperativas”.

SEGUNDA FEIRA

Nossa Feira Sítio Cercado
Rua Joaquim de Melo entre a Rua dos Pioneiros e Rua José Alceu Sabatkeno, em frente ao terminal do Sítio Cercado, ao lado da Caixa Econômica Federal.

Nossa Feira Capão da Imbuia:
Rua Dra. Juracy Riquelme entre a Rua Frederico Stadler Junior e Rua Clávio Molinari – Bairro Capão da Imbuia.

Nossa Feira Centro Praça 19 De Dezembro:
Praça 19 de Dezembro, lateral com a Rua Paula Gomes – Bairro Centro.
TERÇA FEIRA

Nossa Feira Caiuá:
Rua Hilda Cadilhe, entre a Rua Raul Pompéia e Rua Álvares de Azevedo, próximo do Terminal do Caiuá.

Nossa Feira Centenário:
Av. Jornalista Aderbal Gaertner Stresser entre a Rua Eduardo Engelhardt e Rua Deputado Acyr José – Conjunto Mercúrio.

Nossa Feira São Braz:
Rua Brasilio José Betezek entre a Rua Antonio Escorsin e Rua Juruaçú – Bairro São Braz.
QUARTA FEIRA

Nossa Feira Alto Boqueirão:
Rua Ayrton Leal da Silva, junto ao eixo de lazer, esquina com a Rua Francisco Derosso, a uma quadra da Igreja São José Operário.

Nossa Feira Bairro Alto:
Rua Epaminondas Santos entre a Rua Rio Iriri e Rua Rio Xingu – Bairro Alto.

Nossa Feira Barreirinha:
Estacionamento do Parque da Barreirinha, Avenida Anita Garibaldi – Bairro Barreirinha.
QUINTA FEIRA

Nossa Feira Tatuquara:
Rua Pero Vaz de Caminha esquina com Rua Enette Dubard próximo ao Centro de Atividade Física Tatuquara – Academia da Gente

Nossa Feira Pilarzinho:
Rua José Morais, entre a Rua Amauri Lange Silvério e Rua Saturnino Arruda dos Santos, Bairro Pilarzinho.

Nossa Feira Vila Lindóia:
Rua Conde dos Arcos entre a Av. Santa Bernadete e Rua Galileu Galilei – Bairro Vila Lindóia,
SEXTA FEIRA

Nossa Feira CIC:
Rua Jair Coelho, ao lado do Colégio Estadual Eurides Brandão.

Nossa Feira Uberaba:
Rua Soldado Vicente Pereira Miranda entre a Rua Deputado Tenório Cavalcanti e Rua Francisco Licnerski – Bairro Uberaba.

Nossa Feira Capão Raso:
Rua José Zaleski entre a Rua Laudelino Ferreira Lopes e Rua Francisco Biscardi – Bairro Capão Raso

Previous ArticleNext Article