Projeto para que empresários ‘adotem’ escolas por publicidade volta ao Plenário

Narley Resende


Um projeto de lei que pretende instituir o programa “Adote uma Escola”, para que empresários realizem benfeitorias em troca de painéis publicitários, vai retornar à pauta do plenário da Câmara de Curitiba, na segunda-feira (14).

A ideia do vereador Geovane Fernandes, do PTB, é que pessoas jurídicas melhorem a infraestrutura desses prédios “adotados” ou doem materiais aos estabelecimentos da rede municipal de educação.

Em contrapartida, a empresa exploraria espaço publicitário no equipamento público. O projeto já foi debatido em plenário no mês de maio, mas a votação foi adiada a pedido do autor.

Nesses três meses a redação foi atualizada e a nova proposta agora engloba, além das escolas e creches, também os Centros Municipais de Atendimento Especializado e os Faróis do Saber. Outra diferença é que o texto veda a participação de empresas dos ramos de tabaco, bebidas alcoólicas e alimentos.

Como serviços referentes à parte estrutural, a proposição define pinturas e pequenas reformas, por exemplo. Nas doações de materiais, estariam equipamentos didáticos, de informática e de tecnologia.

O termo de acordo seria assinado entre a  adotante e a Prefeitura de Curitiba. Se o projeto for aprovado, a prefeitura deve regulamentar a norma.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="447924" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]