Protesto de motoristas e cobradores atrasa ônibus em Curitiba

Andreza Rossini


Um protesto de motoristas e cobradores atrasou 38 linhas de ônibus do transporte coletivo de Curitiba, nesta quinta-feira (9). Os coletivos começaram a circular apenas a partir das 7 horas.

De acordo com o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus (Sindimoc), 700 profissionais estão, mais uma vez, sem receber os salários.

A empresa que deixou de pagar os funcionários é a CCD, que tem 45 linhas e 168 ônibus entre Alimentadores e Convencionais que atendem a zona leste de Curitiba, além das linhas compartilhadas como Interbairros, Ligeirinhos e Biarticulados, atingindo cerca de 100 mil usuários por dia.

Os usuários mais afetados são os da região leste da cidade, principalmente, para os bairros Capão da Imbuia, Tarumã, Bairro Alto e Cajuru. São 38 linhas afetadas. Motorista, respeite a sinalização!

Em assembleia, os trabalhadores decidiram que se os salários atrasados não forem pagos até a tarde de hoje (9), os ônibus das 38 linhas vão ser recolhidos. A empresa afirmou que vai regularizar os débitos ainda hoje.

Previous ArticleNext Article