“Querem formar um exército de não pensantes”, denuncia estudante no plenário

Andreza Rossini

A estudante Ana Julia Ribeiro, 16 anos, da escola estadual Senador Manuel Alencar Guimarães, fez um discurso na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), nesta quarta-feira (26), sobre o movimento “Ocupa Paraná”.

Ela defendeu as ocupações nas escolas do estado. Afirmou que  “os deputados estão com as mãos sujas de sangue dos estudantes” e teve o discurso interrompido pelo presidente da Casa, deputado Ademar Traiano (PSDB), por ofender os parlamentares.

Veja o discurso na íntegra:

[insertmedia id=oY7DMbZ8B9Y]

Uma assembleia é realizada hoje para definir se os colégios vão ser desocupados para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) até o dia 31 de outubro, data limite apresentada pelo Ministério da Educação. As provas serão aplicadas nos dias 05 e 06 de novembro em todo o Brasil.

Estudantes ocupam colégios estaduais do Paraná desde o dia 03 de outubro, contra a reforma do ensino médio proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB). De acordo com o movimento “Ocupa Paraná” são 850 escolas, 14 universidades e 11 núcleos de educação ocupados. A última atualização foi feita na sexta-feira (21), antes do assassinato de um estudante em uma das instituições.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) afirmou, nesta quarta-feira (26), que são 672 escolas ocupadas. Os estudantes realizam hoje uma assembleia para definir os próximos passos do protesto.

Previous ArticleNext Article