Reunião termina em troca de acusações e briga entre Greca, vereador e assessores

Roger Pereira


A reunião entre o prefeito Rafael Greca (PMN) e os vereadores de oposição para discutir o Plano de Recuperação de Curitiba terminou sem acordo e com Greca e o vereador Professor Euller (PSD) trocando acusações e, seus assessores, empurrões.

Na entrevista coletiva após a reunião, Greca foi questionado sobre uma declaração de Euller, que afirmou que o prefeito lhe havia oferecidos vantagens como cargos na prefeitura caso ele votasse em favor no pacote de medidas fiscais em tramitação na Câmara. “Se for verdade que ele falou isso, ele será processado. Ele veio aqui sim, mas para tentar vende um plano de educação que a irmã dele faz”, disse o prefeito.

Na sequência, Euller rebateu. “Minha irmã tem um sistema de aprendizagem que apresentei sim para o prefeito como uma alternativa interessante para Curitiba, mas nunca se falou em venda. Mas naquela mesma reunião, eu ouvi, palavras do prefeito, ‘venha para o nosso lado, ajude a aprovar o pacote, e eu lhe dou obras na cidade’”, afirmou o vereador.

As declarações de Euller causaram revolta em assessores do prefeito que acompanhavam a entrevista. Um deles começou a chamar o vereador de mentiroso e iniciou-se um bate-boca com um assessor de Euller, que chegou a ser empurrado e teve o paletó rasgado no meio da confusão.

Confira nos vídeos

[insertmedia id=TfT9v859-y8]

[insertmedia id=EFKkccw07Z8]

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="438611" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]