Rua da Cidadania do Cajuru é inaugurada neste sábado

Redação


Foi inaugurada neste sábado (23) a nova Rua da Cidadania da Regional Cajuru, formada pelos bairros Cajuru, Uberaba, Guabirotuba, Jardim das Américas e Capão da Imbuia. A conclusão da obra permite levar para mais perto da população uma série de serviços municipais que até agora não estavam disponíveis na regional, por falta de espaço. Representará ainda, para os cofres do Município, uma economia de R$ 504 mil por ano – valor que corresponde ao que é gasto atualmente com aluguel para abrigar serviços públicos na Regional Cajuru.

A nova Rua da Cidadania do Cajuru é a maior entre as dez da cidade. São 11 mil metros quadrados de área construída, divididos em três pavimentos. A construção atende aos parâmetros de acessibilidade, facilitando a circulação de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. São três elevadores, além de rampas de acesso. O investimento na obra foi de R$ 15.030.868,02.

O secretário de Governo da Prefeitura de Curitiba, Ricardo MacDonald Ghisi, lembrou que a gestão do prefeito Gustavo Fruet já tem 80% do Plano de Governo que assumiu em 2013 cumprido. “Esta inauguração de hoje é muito significativa porque, no dia 28 de abril, estaremos aqui fazendo a consulta pública da lei orçamentária. É o último orçamento que a gente entrega nesta gestão, que é o do ano de 2017, depois de atravessarmos um período de uma crise sem precedentes”, ressaltou. MacDonald ainda destacou que a marca da atual gestão municipal “é de uma Prefeitura que cumpre seus compromissos, atende bem a população, respeita seus funcionários e não admite nenhuma situação errada”.

A inauguração da nova Rua da Cidadania do Cajuru foi marcada por uma programação de shows e feira de serviços municipais, com atendimento de diversas secretarias. A moradora do bairro Capão da Imbuia, Rosi Mari Selbman, se disse muito feliz com a inauguração do espaço público municipal e a oportunidade de concentrar ali mais serviços perto de sua casa, além de ampliar o atendimento da população de toda a Regional Cajuru. “Estávamos aguardando essa obra e por isso hoje é um dia de festa e de alegria para todos os moradores, porque vai valorizar muito o nosso bairro e a nossa região”. Ela conta que, até então, por morar próximo ao terminal de ônibus, era mais fácil buscar atendimento no centro da cidade, na Rua da Cidadania da Matriz. “Agora, tudo o que for preciso, a gente vai buscar e se utilizar aqui mesmo, pertinho de casa”, comemorou.

A jovem Pamela Cristine de Souza, estudante do ensino médio, também ficou contente com a nova estrutura, especialmente o auditório para apresentações culturais. Ela já estuda violão na Rua da Cidadania do Cajuru há dois anos e disse que com o novo espaço “será possível desenvolver mais a apresentação artística e musical tanto em sala de aula quanto no auditório, divulgando o que aprendemos para mais pessoas”, informou. A mãe da jovem, Luciana de Barros, tem um motivo a mais para comemorar a nova Rua da Cidadania: “me sinto mais segura com a saída dela de casa, porque antes tinha de caminhar mais depois de descer do ônibus. Ao lado do terminal, o acesso ficou melhor e eu fico menos preocupada”, explicou.

Atendimento

Nos próximos dias as equipes da regional passarão por um período de treinamento e adaptação. Também serão feitos ajustes finais no local e finalizada a implantação da rede lógica, telefonia e mobiliário.

A partir da primeira quinzena de maio, estarão disponíveis na Rua da Cidadania do Cajuru os serviços das seguintes secretárias e órgãos públicos municipais: Abastecimento, Defesa Social, Finanças, Saúde (Vigilância Sanitária), Trânsito e Trabalho e Emprego, Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), Casa da Leitura da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e Urbanização de Curitiba S/A (Urbs).

Numa segunda etapa, em breve, serão instalados os serviços das secretarias municipais da Educação, Esporte, Lazer e Juventude, Saúde e Urbanismo, da Fundação de Ação Social (FAS), da FCC e da Agência Curitiba de Desenvolvimento.

Os serviços municipais ocuparão o segundo pavimento, devidamente identificados, mas em espaço único, o Espaço Cidadão, sem divisórias, para facilitar a circulação das pessoas. Serviços como os de emissão da carteira de trabalho, da Agência do Trabalhador, Copel e Sanepar, bastante procurados, também serão instalados no segundo pavimento.

No mesmo andar, ainda, funcionará um auditório com palco que possibilita apresentações de teatro e de música, com capacidade para 150 pessoas e uma estrutura especial destinada à Secretaria Municipal da Saúde.

Perfil da regional

Os cinco bairros que formam a Regional Cajuru somam área total de 35,31 quilômetros quadrados, o que equivale a 8,17% do território de Curitiba. Segundos dados de 2010 do IBGE, vivem na região mais de 215 mil habitantes, distribuídos em mais de 72 mil domicílios.

O administrador da Regional Cajuru, José Ribeiro, que já trabalhou no local na década de 1980, diz que a nova sede é uma conquista para a população. “A Prefeitura de Curitiba está ampliando a capacidade de atendimento ao cidadão em um prédio novo, mais próximo do terminal, com mais serviços, como Setran e Urbs. É uma conquista para toda a população dos cinco bairros que formam a regional” disse Ribeiro.

Entre os serviços que mais se destacam hoje na Regional Cajuru estão os da Secretaria Municipal do Trabalho, que só no mês de março realizou 5.850 atendimentos. A Secretaria de Finanças fez 4.344 atendimentos em março e a Secretaria Municipal de Abastecimento, 2.420 atendimentos, a maior parte para o Armazém da Família.

Mudanças

Desde sua implantação, em 1993, a Administração Regional Cajuru já passou por pelo menos três locais, até se instalar na Rua Luiz França, no Cajuru, em 1999. Hoje, os cidadãos da regional são atendidos por mais de 100 servidores, distribuídos em 15 núcleos de diversas secretarias.

À medida que as demandas foram aumentando, algumas secretarias tiveram que deixar a sede da Luiz França e ocupar espaços maiores.

Além do prédio da regional, que era alugado desde 1999,ao custo atual de R$ 20 mil por mês, a Fundação da Ação Social (FAS) ocupa desde 2004 um espaço na Rua Miguel Caluf, próximo da regional, com aluguel de R$ 10 mil mensais. E a Secretaria Municipal de Saúde está sediada em outro prédio, aluguel de R$ 12 mil reais. Todos esses serviços agora serão agrupados na nova Rua da Cidadania.

Jair Evangelista tem 53 anos, mora no bairro Cajuru e é servidor da Prefeitura desde 1990. Entrou como auxiliar administrativo na Secretaria Municipal de Educação e há 26 anos ocupa funções na Regional Cajuru. Desde 1996, atua na área de manutenção de obra, como coordenador técnico. Para Evangelista, a nova Rua da Cidadania era uma necessidade. “A cidade cresceu, evoluiu, ganhou mais equipamentos, como creches, unidades de saúde, pavimentações, entre outras obras. Isso tudo requer uma boa estrutura para atender a população. A nova sede vai facilitar o atendimento, com mais conforto para cidadão e servidores”, disse.

Programação

A Administração Regional, em parceria com as secretarias e organismos municipais, organizaram uma programação de atividades ao longo do sábado (23) para marcar a inauguração da nova Rua da Cidadania da Regional Cajuru, das 9h às 17h. Desde apresentações culturais no novo auditório, shows e animação no palco instalado do lado de fora, lazer e diversão para a criançada com jogos educativos e brinquedos gigantes infláveis até a demonstração de cursos que serão ministrados nessa nova estrutura.

Um dos espaços mais movimentados ao longo do dia foram as novas instalações da Casa da Leitura Hilda Hilst, que antes funcionava em um imóvel no Jardim das Américas, de propriedade da Associação das Senhoras Rotarianas de Curitiba, e, agora, passa a funcionar na nova Rua da Cidadania do Cajuru.

Além dos secretários municipais, administradores regionais e servidores da Prefeitura de Curitiba, prestigiaram a inauguração da nova Rua da Cidadania do Cajuru os vereadores Ailton Araújo, Beto Moraes, Chico do Uberaba, Edson do Parolin, Hélio Werbiski, José Carlos Chicarelli, Paulo Salamuni, Pedro Paulo Costa e Serginho do Posto.

NOVA RUA DA CIDADANIA DO CAJURU

Endereço: Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2150 – esquina com Rua Professor Nivaldo Braga – Capão da Imbuia

Área: 11 mil metros quadrados, divididos em três pavimentos

Investimento: R$ 15.030.868,02

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="354958" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]