Saiba quem deve tomar vacina de febre amarela antes de viajar

Andreza Rossini

Redação com assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde de Araucária (SMSA), por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica, reforça as orientações no sentido de esclarecer sobre a vacinação contra febre amarela.

De maneira geral, precisa tomar vacina aquele que viajará para áreas onde a vacinação é recomendada ou onde há a circulação do vírus. Uma única dose garante proteção para toda a vida. Araucária e região metropolitana de Curitiba estão localizadas em Área sem recomendação da vacina (ASRV) e, portanto, não necessitam de vacinação de maneira generalizada.

Mas é importante destacar que há grupos, como idosos e gestantes, que precisam avaliar, com a orientação de profissional de Saúde, a necessidade de viajar neste momento para áreas com risco de contágio.


Quem não pode

Há também grupos de pessoas que não podem receber a vacina. É o caso de crianças menores de 9 meses de idade; mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade; pessoas com alergia grave ao ovo; pessoas que vivem com HIV e que tem contagem de células CD4 menor que 350; pessoas em de tratamento com quimioterapia/ radioterapia; pessoas portadoras de doenças autoimunes (lúpus, vitiligo, diabetes do tipo 1, esclerose múltipla, entre outras); e pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores (que diminuem a defesa do corpo).

Viagens

Viagens nacionais: É necessário se informar se a localidade destino está na lista do Ministério da Saúde que recomenda vacinação contra febre amarela. Nesta mesma lista, Araucária e outros municípios da região aparecem como Área sem recomendação de vacina.

O viajante que mora em área sem recomendação e vai viajar para área também sem recomendação, não precisa se vacinar. Contudo, é fundamental que todos os brasileiros mantenham as vacinas atualizadas, de acordo com os calendários de vacinação do Programa Nacional de Imunizações. A recomendação orientada pelo Programa Nacional de Vacinação é de vacinar crianças que completam nove (09) meses na rotina e, pessoas com menos de 60 anos que se desloquem para as Áreas com recomendação de vacina (ACRV).

A campanha de vacinação com dose fracionada ocorre apenas em 77 municípios dos estados da Bahia, do Rio de Janeiro e de São Paulo. Nas outras áreas com recomendação da vacina serão utilizadas dose-padrão (com proteção para toda a vida). Por estar em área sem recomendação da vacina, Araucária não está realizando campanha de vacinação; a vacina é apenas para quem precisa da dose para viajar a áreas com recomendação.

Para sair do Brasil

Viagens internacionais: É preciso verificar se o país de destino exige o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), que poderá ser consultado por meio do site da Anvisa. Neste caso, procure uma Unidade Básica de Saúde e informe-se a respeito dos dias e horários de vacinação, apresente o comprovante de viagem para receber a vacina.

O passo seguinte é providenciar junto a um dos Postos da ANVISA (Portos, Aeroportos, etc) a emissão do certificado. O posto da ANVISA mais próximo de Araucária fica no Aeroporto Internacional Afonso Pena (Av. Rocha Pombo, S/N – Águas Belas, São José dos Pinhais – telefone: 41-3381-1281).

A vacinação é parte fundamental do planejamento de uma viagem. Viajantes com destino a países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação recebem dose-padrão. A vacina deve ser administrada, pelo menos, 10 dias antes da viagem (dentro do Brasil ou para o exterior). O Cartão de Vacinação é um documento e deve ser guardado com zelo e em local de fácil acesso, pois pode ser exigido em algum momento para comprovar vacinação.

Outros cuidados

Tanto para a ameaça de febre amarela quanto de outras doenças transmitidas por mosquitos, recomenda-se que outras medidas de proteção individual sejam adotadas, principalmente para quem tem contraindicação para receber a vacina. O uso de repelente de insetos de acordo com as indicações do produto; o uso de calça comprida, blusas de mangas compridas e sem decotes (roupas largas e não coladas ao corpo), meias e sapatos fechados; evitar o deslocamento em áreas rurais e, principalmente, entrar em matas (a trabalho ou turismo); passar o maior tempo possível em ambientes refrigerados, fazer uso de mosquiteiros e telas nas janelas são algumas desas ações preventivas. No caso das crianças menores de 9 meses de idade (que fazem parte do grupo que não pode receber a vacina), a orientação é para que se utilize repelente de acordo com as orientações de faixa etária de cada produto, bem como utilizar mosquiteiros e/ou ambiente protegido.

Vacinação em Araucária

Todas as unidades básicas de Saúde de Araucária oferecem a vacina contra febre amarela. O morador precisa estar atento já que, devido à demanda e ao prazo de validade do frasco de doses, há unidades que possuem dias e horários específicos para aplicar a vacina. A tabela a seguir apresenta a agenda de vacinação das unidades. Nas que aparece só o dia, a vacinação ocorre durante todo o período.

 

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook