Folha de salários da prefeitura vai passar a ser paga pela Caixa

Mariana Ohde


Com Metro Curitiba

A folha de vencimentos de servidores, aposentados e pensionistas da prefeitura de Curitiba passará a ser paga pela Caixa Econômica Federal a partir de agosto, quando acaba o contrato com o Banco Santander.

O banco vai pagar R$ 126 milhões para ter exclusividade na folha da prefeitura por cinco anos. Além disso, destinará R$ 3 milhões em patrocínios de atividades do município e R$ 2,5 milhões para emissão dos carnês do IPTU. O novo acordo, agora com a Caixa, ainda prevê o apoio técnico nos projetos em que a prefeitura se habilita a receber recursos para grandes projetos (como o PAC Drenagem, por exemplo).

Entre as vantagens oferecidas para os servidores, segundo a prefeitura, estão a isenção de tarifa de manutenção da conta por 12 meses e da primeira anuidade de cartão de crédito, além de juros menores em financiamentos, remuneração especial em algumas aplicações e desconto em seguros.

O último contrato, também de cinco anos, rendeu R$ 85 milhões à prefeitura.

A folha da prefeitura movimenta mensalmente em torno de R$ 305 milhões, entre servidores ativos da administração direta e indireta, autarquias, aposentados, pensionistas e estagiários. São cerca de 49.700 pessoas.

Mudança

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos já começou a fazer o agendamento para os servidores tratarem, de maneira individualizada, suas transferências diretamente com a Caixa. O banco informará sobre a burocracia necessária para mudança, o perfil e as vantagens dos produtos financeiros para os servidores do município.

Os funcionários, no entanto, que preferirem manter seus vencimentos no banco de sua preferência podem solicitar a portabilidade (transferência automática e sem custo do salário), o que poderá ser feito após o primeiro pagamento a ser efetivado pela CaixaPara isso, é preciso ir ao banco escolhido, preencher o formulário (fornecido pela instituição bancária) e entregar na agência da Caixa onde foi aberta a conta-salário.

O salário de agosto será obrigatoriamente creditado nessa nova conta-salário, a fim de se garantir o controle adequado entre todos os salários contidos na folha. Aqueles que já possuem conta na Caixa também precisam entrar nos agendamentos, para atualizar os dados cadastrais e checar se sua conta cumpre os requisitos para recebimento do salário (que não pode ser pago, por exemplo, em conta conjunta).

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="441256" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]