Baracho pede afastamento e superintendente assume Secretaria da Saúde

Narley Resende


Narley Resende, com Roger Pereira

O secretário Municipal de Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, pediu afastamento do cargo para tratamento de uma hipertensão. Sem anúncio pela prefeitura, a vaga foi assumida interinamente no dia 30 de maio pela superintendente de Gestão em Saúde, Márcia Cecília Huçulak.

A mudança foi publicada no Diário Oficial do Município de terça-feira (6). O trabalho é cumulativo, sem remuneração pela função de secretária.

De acordo com a assessoria, Baracho trata uma crise hipertensiva e foi ele quem oficializou o pedido de afastamento ao prefeito Rafael Greca (PMN). A assessoria afirma que o secretário deve voltar ao cargo assim que concluir o tratamento e puder retomar atividade profissional.

A melhoria da saúde pública municipal é a principal promessa de campanha de Rafael Greca.

Especializado em Geriatria e Gerontologia, o médico João Carlos Gonçalves Baracho era presidente da Associação Médica do Paraná (AMP) e pediu licença do cargo no ano passado para trabalhar na campanha de Greca e, posteriormente, no governo municipal. Ele já havia ocupado o cargo de secretário de Saúde entre 1993 e 1996, na primeira gestão Greca.

Mais recentemente, em 2013, foi Superintendente de Gestão em Atenção à Saúde na gestão de Gustavo Fruet (PDT). Também ocupou outros cargos de confiança na pasta, entre 2013 e 14.

1701a066-024a-4ea4-9c6b-c29b62aa66ec 6ae2439c-8494-49c3-9538-1862a1adac30

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="435828" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]